InglaterraPremier League

A atuação de Krul talvez seja a melhor de um goleiro na temporada

Não é segredo que o Tottenham vem tendo grandes problemas para balançar as redes na Premier League. Basta olhar para a tabela da competição para notar a falta de eficiência do time de André Villas-Boas, que, mesmo sendo o que mais finaliza na liga, só anotou nove gols em 11 rodadas. Neste domingo, contudo, a culpa não foi só dos atacantes dos Spurs. Tim Krul teve uma atuação fora de série para garantir o 1 a 0 para o Newcastle em White Hart Lane.

Os Magpies precisaram de apenas 13 minutos para abrir o placar, em tento de Loic Rémy após erro de Paulinho na saída de bola. Depois disso, a cena foi roubada pelo goleiro holandês. Em 31 chutes contra a sua meta, Krul parou os 14 que foram na direção certa. Para se ter noção do tamanho do feito do camisa 1, um time não finalizava tantas vezes no gol e saia sem marcar na Premier League desde a temporada 2006/07. Com o resultado, o Newcastle sobe para a nona colocação, com 17 pontos, somente três a menos que o Tottenham, estacionado em sexto.

A atuação foi inspirada não só pela quantidade de arremates, mas também pela qualidade de muitas das defesas de Krul. Em uma das mais sensacionais, teve tempo de reação para salvar uma cobrança de falta desviada e ainda parou o rebote nos pés do adversário, em bola rasgada sobre a linha. Cristian Eriksen e Paulinho, que tiveram três chutes defendidos, serão os mais assombrados pelo arqueiro. Uma atuação digna de ficar entre as maiores já feitas por um goleiro na Premier League e que provavelmente não será superada nesta temporada.

Todas as finalizações do Tottenham defendidas por Tim Krul em White Hart Lane:

krul

E os melhores momentos, com destaque para o milagre feito a partir de 2:20:



Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo