Inglaterra

Jogador do West Ham é acusado de agressão

O defensor Calum Davenport, do West Ham, foi indiciado pela polícia de Bedford, cidade a 50 quilômetros ao norte de Londres, na Inglaterra. Ainda recuperando-se das lesões sofridas por esfaqueamento nas pernas, após ser assaltado, na casa de sua mãe, em 22 de agosto, Davenport é acusado de ter agredido uma mulher, no mesmo dia, antes de ser vítima do incidente.

Em nota divulgada à imprensa, a polícia da região de Bedford confirmou, ainda acrescentando o fato de que Davenport teria agredido a mulher: “O jogador profissional de futebol Calum Davenport foi indiciado, por abordagem que causou dano corporal em uma mulher, após incidente.”

O jogador foi liberado da delegacia, no dia, mas terá de retornar à corte para prestar esclarecimentos, no dia 10 de novembro. A polícia também confirmou que as agressões cometidas por Davenport ocorreram no mesmo dia em que ele foi esfaqueado, mas não deu maiores detalhes.

Sobre a volta do jogador ao esporte, após passar por cirurgia nos locais onde foi esfaqueado, a recuperação foi elogiada pelo técnico dos Hammers, Gianfranco Zola: “Calum está indo bem. Ele tem de ser ajudado novamente, por mais um mês, mas é muito prazeroso para todos vê-lo por aqui. É cedo para falar, mas o fato dele já poder praticar esportes nos encoraja.”

Nos primeiros trabalhos, Davenport, de 26 anos, tem praticado ciclismo e natação.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo