InglaterraPremier League

Jakupovic estava impossível e colecionou milagres para frustrar o Manchester United

Em uma rodada na qual vários times do topo da tabela tropeçaram, o Manchester United tinha a grande chance de se aproximar do G-4 da Premier League. Também não venceu. E o vilão dos Red Devils no empate por 0 a 0 em Old Trafford parecia ter asas: Eldin Jakupovic. O goleiro estava intransponível na meta do Hull City. Fez o time da casa passar raiva com a quantidade defesaças, operando quatro milagres. Pior, quase impulsionou os Tigers à vitória, o que só não aconteceu porque Lazar Markovic esbarrou na trave.

A noite fantástica de Jakupovic começou a ganhar forma no primeiro tempo. Primeiro, saltou para desviar com a ponta dos dedos o chute colocado de Zlatan Ibrahimovic. Depois, quando Paul Pogba invadiu a área e soltou a bomba, o suíço conseguiu desviar na agilidade, com uma só mão. Frustrava as expectativas dos mancunianos, que também sofriam ameaças do outro lado, mas sem tanto perigo.

No segundo tempo, Jakupovic conseguiu ser ainda mais incrível. Em uma bola que cruzou a área, Juan Mata só precisava escorar. Mas o arqueiro apareceu do nada, para salvar em cima da linha. O Hull City, por sua vez, apostava em alguns dos novos contratados na janela de inverno, alguns deles já entre os titulares. Lazar Markovic, por exemplo, quase marcou seu primeiro gol pelos Tigers, em sua terceira partida. O chute colocado se estatelou na trave. O tempo passava e o United buscava a vitória a todo custo. A pressão se intensificou nos acréscimos. Para mais Jakupovic: além de segurar firme uma cabeçada de Rojo, também socou outro chute de Pogba que parecia ter endereço.

Time que mais trouxe reforços nesta janela de inverno, o Hull City ganha fôlego para tentar fugir da zona de rebaixamento, depois de duas boas exibições contra o Manchester United – intercaladas com a goleada sofrida ante o Fulham. Já do outro lado, não adianta reclamar. Os Red Devils seguem estacionados no sexto lugar e, agora, um pouco mais longe do City. A resposta precisa vir no próximo domingo, quando o time de José Mourinho visita o Leicester.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo