Inglaterra

Hiddink lamenta deixar Chelsea no fim da temporada

Com a proximidade do momento de deixar o Chelsea, já que só restam mais duas rodadas do Campeonato Inglês, o técnico holandês Guus Hiddink começa a refletir sobre sua passagem pelo clube. E já começa a lamentar a necessidade de deixar os Blues.

Em entrevista concedida nesta sexta, Hiddink afirmou: “Não é fácil dizer adeus. Mas não sejamos dramáticos. Tristeza não é uma palavra correta, neste caso. Não vou chorar. Não sei de minhas emoções. Gostei muito de trabalhar neste clube, com estes jogadores. Mesmo à paisana, manterei a conexão com o Chelsea. Torcendo, ou até fazendo visitas periódicas.”

Falando sobre a relação com os jogadores, o técnico, que assumiu o posto em fevereiro, após a demissão de Luiz Felipe Scolari, assumiu a surpresa pelo fato da relação com os jogadores não ter tido grandes turbulências: “Para ser honesto, quando comecei, pensei que teria de lutar muito com o status dos jogadores. Achei que havia um conceito preestabelecido de que seriam intocáveis, mas firmamos contato e me orgulho disso. Agora que vamos nos separar, há um sentimento de respeito.”

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo