Inglaterra

Federação inglesa veta comentários sobre arbitragem

A federação inglesa (FA) anunciou nesta terça-feira que os técnicos, jogadores e dirigentes de clubes não poderão fazer comentários sobre a arbitragem antes das partidas.

“Quaisquer comentários à imprensa em relação à escolha dos árbitros para as partidas não serão mais permitidos”, diz a FA em comunicado. “Tais comentários antes dos jogos serão considerados impróprios e julgados de acordo”.

A FA prometeu ainda uma postura mais rígida sobre a abordagem aos árbitros pelos jogadores durante as partidas. O texto do regulamento, que antes pedia para os juízes relatassem quando havia “assédio ou intimidação” de três ou mais jogadores, agora impede que os atletas abordem os árbitros de “maneira confrontativa”.

As regras sobre comentários sobre arbitragem depois das partidas continuam as mesmas.

“Declarações pós-jogo sobre árbitros e lances das partidas ainda são permitidos, desde que não sejam de natureza pessoal ou ataquem a integridade dos árbitros”, afirma a nota da federação.

Na última temporada, o técnico do Everton, David Moyes, questionou a escalação do árbitro Mike Riley para a semifinal da Copa da Inglaterra contra o Manchester United, acusando-o de ser torcedor dos Red Devils.

O Everton se classificou para a final ao vencer nos pênaltis, e o treinador do Manchester United, Alex Ferguson, atribuiu aos comentários de Moyes a decisão de Riley de não marcar um pênalti sobre Danny Welbeck no tempo normal.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo