InglaterraPremier League

Chelsea embala em maratona de jogos e recupera 3º lugar

O Chelsea enfrentou uma verdadeira maratona na última semana: foram quatro partidas em nove dias. E, apesar da derrota no início do páreo, os Blues encerraram o trajeto com a terceira vitória consecutiva. O Sunderland até saiu em vantagem em Stamford Bridge, mas os londrinos alcançaram a virada por 2 a 1. Ótimo resultado para embalar o time na briga por uma vaga na próxima Liga dos Campeões.

O triunfo impulsiona o Chelsea da quinta para a terceira colocação, somando 58 pontos – assim como o Tottenham, que disputou um jogo a mais, e dois a mais que o Arsenal. Logo acima, o Manchester City aparece quatro pontos à frente. Já o Sunderland, que mudou de técnico nesta semana, permanece ameaçado, um ponto acima da zona de rebaixamento e sem vencer há nove rodadas.

Se a contratação de Paolo Di Canio causou polêmica nos noticiários durante a semana, o técnico do Sunderland não foi recebido com grandes sobressaltos em sua estreia. E certamente ficou satisfeito com o desempenho de sua equipe durante o primeiro tempo. Depois de um começo animador dos Black Cats, o Chelsea passou a dominar a posse. No entanto, os visitantes eram seguros na defesa e não davam espaços aos Blues.

Equilibrando as ações no final da primeira etapa, o Sunderland foi premiado pelo empenho aos 45 minutos. Adam Johnson cobrou escanteio, John O’Shea desviou de cabeça e, quando tentou afastar o perigo, César Azpilicueta acabou mandando a bola contra as próprias redes.

Pouco intenso no ataque, o Chelsea veio modificado para o segundo tempo, com Fernando Torres no lugar de Demba Ba, contundido. E o espanhol precisou de pouco tempo em campo para ser notado. Aos dois minutos, o atacante avançou pela esquerda e cruzou para Oscar. O brasileiro chutou prensado e, em confusão da defesa, a bola entrou depois do toque de Matt Kiligallon.

Já aos dez minutos, os Blues concluíram a virada. David Luiz arriscou da entrada da área e Branislav Ivanovic apareceu no meio do caminho para desviar, tirando o goleiro Simon Mignolet da jogada. Os gols foram chave para tranquilizar os londrinos no restante do confronto. Administrando o resultado, o Chelsea só foi ameaçado um pouco mais nos minutos finais, mas soube lidar com a pressão do Sunderland para sair com a vitória.

Papiss Cissé salva o Newcastle

Rival do Sunderland, o Newcastle conquistou um ótimo resultado neste domingo. Os Magpies receberam o Fulham em St. James Park e garantiram no fim a vitória por 1 a 0. O gol decisivo saiu aos 47 do segundo tempo, com Papiss Cissé. A equipe de Alan Pardew respira depois de duas derrotas seguidas e sobe para a 13ª colocação, com 36 pontos. Os Cottagers estão em 10º, com 40 pontos.

“Incaível” Wigan se salva no último minuto

Atualizado às 14h10

No fechamento da rodada deste domingo, o Queens Park Rangers tinha nas mãos uma vitória essencial sobre o Wigan. Até o gol que definiu o empate por 1 a 1 em Loftus Road. Com um a menos desde a primeira etapa, os londrinos abriram o placar aos 40 do segundo tempo, em lindo chute de Loic Rémy. No entanto, Shaun Maloney cobrou falta com perfeição nos acréscimos para igualar. O QPR é o penúltimo colocado, com 24 pontos, sete a menos que os Latics, uma posição acima na tabela.

Confira os resultados da 31ª rodada da Premier League

Sábado, 6/abr
Reading 0×2 Southampton
Norwich 2×2 Swansea
Stoke 1×3 Aston Villa

Domingo, 7/abr
Liverpool 0x0 West Ham
Tottenham 2×2 Everton
Chelsea 2×1 Sunderland
Newcastle 1×0 Fulham
Queens Park Rangers 1×1 Wigan

Segunda-feira, 8/abr
Manchester United x Manchester City

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo