Inglaterra

Arsenal e Liverpool empatam em final emocionante

Em uma partida equilibrada e de enorme emoção nos oito minutos de acréscimo do segundo tempo, Arsenal e Liverpool empataram em 1 a 1, no clássico da 32ª rodada da Premier League. O resultado, construído por meio de cobranças de pênalti, foi ruim para as pretensões de ambas as equipes na temporada. Os Gunners foram para 63 pontos, seis atrás do líder Manchester United, e já veem as chances de título ficarem menores, a seis jogos do fim. Já os Reds, que fazem campanha de reação na temporada, foram a 49 pontos.

O Liverpool começou o jogo tomando a iniciativa, mas foi o Arsenal que teve os melhores lances do primeiro tempo. Aos 13, Theo Walcott bateu da entrada da área. Pepe Reina rebateu e dividiu com Robin Van Persie, que conseguiu cruzar a bola para Samir Nasri. John Flanagan, porém, se antecipou ao francês, que teria o gol livre para escorar, e mandou para escanteio. Aos 15, Laurent Koscielny subiu depois de cobrança de escanteio e cabeceou no travessão.

A velocidade dos primeiros minutos perdeu força com o desenrolar da etapa inicial. Se os Reds mostravam dificuldades para criar lances de perigo – deram somente um chute a gol na primeira etapa -, os Gunners, embora mantivessem a bola nos pés e ficassem mais tempo no campo do Liverpool, não conseguiam criar mais oportunidades, arriscando poucos chutes e também com problemas para desenhar jogadas.

O Liverpool começou melhor o segundo tempo, novamente adotando uma postura ofensiva. Aos 4 minutos, o uruguaio Luis Suarez fez grande jogada na entrada da área, ante três marcadores do Arsenal. O atacante fez a finta em Koscielny e chutou forte, com a bola passando à direita do goleiro Wojciech Szcz?sny, rente às traves, na melhor jogada dos Reds até então no confronto.

Aos 11 minutos, momento de tensão. Após choque de cabeças com Flanagan, Jamie Carragher caiu desmaiado em campo. Cerca de seis minutos depois, o jogador deu lugar a Sotirios Kyrgiakos e saiu de ambulância do Emirates Stadium, deixando o campo aplaudido pelas duas torcidas. O Liverpool pareceu ter sentido a ocorrência, e o Arsenal ganhou espaço novamente. Aos 28, após receber passe de Cèsc Fábregas, Van Persie bateu para o gol, obrigando Reina a mandar para escanteio. Depois da cobrança, o holandês escorou, de cabeça, para as redes do lado de fora.

Aos 40 minutos, novas chances para o Arsenal, de novo com Van Persie e depois com o dinamarquês Nicklas Bendtner, que entrara no lugar de Jack Wilshere. Em ambas, porém, Reina faz boas intervenções e salvou o Liverpool. A pressão dos Gunners se seguia, mas a equipe insistia nos toques e nos cruzamentos, arriscando poucos chutes ou entradas na área, facilitando o serviço da retranca dos Reds.

Mas foram os últimos minutos dos acréscimos que reuniram as maiores emoções do jogo. Aos 50 minutos, Fabregas foi derrubado na área por Jay Spearing. Na cobrança, Van Persie deslocou o goleiro e explodiu o Emirantes. A festa, no entanto, durou pouco tempo. Ainda nos acréscimos, Emmanuel Eboué fez falta em Lucas. Novo pênalti, dessa vez convertido por Dirk Kuyt, para desespero da torcida da casa, dando números finais ao confronto.

Confira os jogos da 33ª rodada do Campeonato Inglês

Sábado, 16/abril
West Ham 1×2 Aston Villa
Everton 2×0 Blackburn
Birmingham 2×0 Sunderland
West Bromwich 1×3 Chelsea
Blackpool 0x3 Wigan

Domingo, 17/abril
Arsenal 1×1 Liverpool

Terça-feira, 19/abril
Newcastle x Manchester United

Terça-feira, 26/abril
Stoke x Wolverhampton

Quarta-feira, 27/abril
Fulham x Bolton

Terça-feira, 10/maio
Manchester City x Tottenham

Confira a classificação e os próximos jogos do Campeonato Inglês.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo