InglaterraPremier League

Aos 49 do segundo tempo, City supera Tottenham: 3 a 2

Em uma partida com final emocionante, o Manchester City manteve os 100% de aproveitamento em casa ao derrotar o Tottenham Hotspur por 3 a 2, em confronto decisivo válido pela 22ª rodada do Campeonato Inglês. E o páreo foi muito duro para os mancunianos, que abriram 2 a 0, cederam o empate, sofreram pressão e “acharam” o gol da vitória aos 49 minutos da etapa final, em uma cobrança de pênalti.

O resultado ratifica o City na liderança da Premier League com 54 pontos, agora seis a frente do vice-líder Manchester United – que joga mais tarde contra o Arsenal – e praticamente tira o Tottenham da disputa pelo título. Os Spurs permanecem com 46 pontos, a oito dos Citizens, agora preocupando-se principalmente com a classificação à próxima Liga dos Campeões.

O Manchester City iniciou o jogo em cima, inicialmente tendo dificuldade com a sequencial troca de posições dos jogadores do Tottenham e com a superioridade londrina na posse de bola. Aos poucos, porém, os Citizens adminstraram o jogo, criando uma primeira chance aos 18 minutos. Após uma tabela entre David Silva e Samir Nasri, a bola sobrou para Kun Aguero, mas o arremate desviou em Edin Dzeko e foi para fora.

Aos 25 minutos, após uma rápida cobrança de tiro livre no meio campo, o City teve boa oportunidade com Silva. Dentro da área, o espanhol recebeu de Kun Aguero, fez o corte e bateu firme, mas a bola passou à esquerda do gol de Brad Friedel. Cinco minutos depois, outra grande oportunidade, com Micah Ricards roubando a bola de Gareth Bale na ponta direita e cruzando rasteiro para Aguero. O argentino tirou o marcador e, cara a cara com Friedel, bateu em cima do goleiro.

Melhores em campo, os Citizens mantiveram o ritmo no segundo tempo, e enfim desencantaram. Aos 11 minutos, Silva deixa Nasri na frente de Friedel, e o francês só teve o trabalho de mandar para as redes. Três minutos depois, o City ampliou em um gol “esquisito”. Após cobrança de escanteio de Nasri, Joleon Lescott se enrolou com a bola na hora de desviar para gol, mas mesmo aos trancos e barrancos, fez a bola cruzar a linha.

Tendo em vista o domínio mancuniano até aquele momento, as coisas pareciam quase definidas. Mas no lance seguinte, um lançamento despretencioso do campo de defesa do Tottenham se configurou em uma armadilha para Stefan Savic. O zagueiro cortou mal e a bola sobrou nos pés de Jermaine Defoe livre, que invadiu a área, tirou de Joe Hart e mandou para as redes, diminuindo o placar.

O gol inspirou os Spurs, que aos 19 minutos arrancaram o empate em um golaço de Bale. O galês recebeu passe de Aaron Lennon ba entrada da área e bateu de primeira, encobrindo Hart. Empolgado, o Tottenham passou a ser mais incisivo no ataque. Aos 25, o time visitante teve outra boa chance, dessa vez com Lennon, que dominou na entrada da área pela direita e bateu firme, obrigando Hart a fazer a defesa.

Mas foi nos acréscimos que as emoções chegaram ao extremo. Aos 45, um lance incrível. Bale aproveitou falha de Savic, avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Defoe. O atacante escorregou para mandar para as redes, mas mesmo debaixo das traves, desviou ao lado. E se quem não faz, toma, a punição veio à cavalo. Aos 48 minutos, Mário Balotelli foi derrubado por Ledley King dentro da área. O próprio Balotelli foi para a cobrança e converteu, sacramentando a emocionante vitória azul.

Confira os jogos da 22ª rodada do Campeonato Inglês:

Sábado, 21/jan
Norwich 0x0 Chelsea
Everton 1×1 Blackburn
Fulham 5×2 Newcastle
Queens Park Rangers 3×1 Wigan
Stoke City 1×2 West Bromwich
Sunderland 2×0 Swansea
Wolverhampton 2×3 Aston Villa
Bolton 3×1 Liverpool

Domingo, 22/jan
Manchester City 3×2 Tottenham
Arsenal x Manchester United

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo