EuropaInglaterra

Abandonado pelo Real, Özil terá no Arsenal um novo amor

Dizem por aí que  poucas coisas são tão letais como uma mulher rejeitada. No futebol,  isso pode ser traduzido para o simples fato de que grandes jogadores subestimados podem dar lições aos clubes que o abandonaram.

Se no passado um cara como Cruyff foi chamado de velho pelo Ajax quando tinha 36 anos, nada impede que outros bons nomes sejam tratados como aquela moça que no dia seguinte ao primeiro encontro, fica esperando uma ligação que nunca vai receber. E ela chora rios de lágrimas.

Özil está nesse dilema de ser quase que dispensado de um time grande como o Real Madrid, para viver novos e bons tempos no Arsenal. Ele precisou se recuperar dos dias em que foi maltratado e preterido por Carlo Ancelotti. Passou pela depressão de saber que não era mais querido e chorou, tomou baldes de sorvete, viu filmes românticos como “Um amor para recordar” e viveu noites de solidão até resolver que precisava ser mais valorizada. Digo, valorizado, desculpe.

O Arsenal já está há algum tempo sem levantar um campeonato e viu naquela moça uma chance de sair da fila e poder comemorar algo a mais do que alguns beijinhos. Mandou mensagem, e-mail, telegrama e carta de amor. Prometeu ir até lá. E conseguiu convencer Özil de que o futuro dele agora seria ao seu lado.

Na sua chegada ao Emirates Stadium, o alemão falou muito a palavra confiança, mas sabemos mesmo que ele precisa de um novo amor na carreira: “Durante o fim de semana, eu sabia que poderia ficar no Real Madrid, mas depois percebi que não tinha tanto a confiança do técnico ou dos chefes. Sou um jogador que precisa dessa confiança e senti isso no Arsenal. Foi por isso que vim. Estou ansioso para esse novo desafio”, comentou Özil, que vestirá a camisa 11 dos Gunners.

O sorriso voltou ao rosto do meia, que irá passear no parque de mãos dadas, ganhar presentes inesperados e se sentirá seguro e confiante mais uma vez. Certamente vai querer provar ao Real Madrid que não é qualquer um. A ver se com títulos ou como um dos melhores jogadores da Premier League.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo