O Borussia Dortmund arrematou um dos jogadores mais cobiçados do mercado quando contratou Erling Haaland do Red Bull Salzburg, negócio excelente até pelos valores relativamente baixos da transferência, mas talvez não imaginasse que o norueguês causaria impacto com tanta rapidez. Neste sábado, o atacante de 19 anos saiu do banco de reservas no começo do segundo tempo para fazer a sua estreia e, em apenas 20 minutos, marcou três vezes, comandando a virada dos visitantes por 5 a 3 contra o Augsburg.

Uma confusão na saída de bola permitiu que Ruben Vargas avançasse pela esquerda e cruzasse para Florian Niederlechner abrisse o placar para o Augsburg, aos 34 minutos de um primeiro tempo pouco movimentado em comparação com o seguinte. Assim que o intervalo terminou, Marco Richter acertou um chutaço de fora da área e ampliou. Julian Brandt fez boa jogada dentro da área para descontar, mas Niederlechner apareceu livre na pequena área para completar o passe de Philipp Max, restaurando o medo na torcida amarela de mais uma partida em que os erros defensivos do Dortmund custam muito caro.

Lucien Favre se mexeu. Assim que saiu o terceiro gol do Augsburg, Haaland foi lançado a campo no lugar de Lukasz Piszczek, abandonando a formação com três zagueiros. E, no primeiro chute vestido de amarelo e preto, o norueguês colocou a bola na rede. Sancho achou o passe em diagonal entre a defesa adversário, e Haaland girou pegando de primeira para bater cruzado e recolocar o Dortmund na partida.

Se Haaland está se apresentando à torcida, o que Sancho pode fazer todos já sabem. Com um toque, dominou o lançamento de Hummels. Com outro, driblou o goleiro Tomás Koubek. Com um terceiro, empatou a partida para o Borussia Dortmund. A partida deu uma leve esfriada nos minutos seguintes, mas, aos 25, o Augsburg foi pego no contrapé. Havia adiantado suas linhas e ocupava o campo de ataque quando Witsel lançou da lateral direita defensiva e achou Thorgan Hazard e Haaland livres. Hazard avançou, também passou por Koubek e rolou para Haaland apenas completar.

A virada havia acontecido, mas seria pouco para Haaland, acostumado a dizimar recordes. Então, decidiu coroar sua estreia com uma tripleta. Recebeu de Reus nas costas da defesa, pela direita, e avançou em diagonal. Arrumou o corpo e tocou de canhota, com curva, na saída de Koubek para fechar o placar e deixar a torcida do Dortmund salivando com o que pode fazer em sua passagem pelo clube.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.