Champions LeagueConference LeagueGamesLiga Europa

SEMANA ULTIMATE: EA apresenta seus melhores das Fases de Grupos das Competições UEFA com Seleção de respeito

Champions, Europa e Conference League ainda não terminaram a etapa, mas a seleção do Ultimate foi escolhida

O conteúdo desta sexta do Ultimate Team retorna às competições continentais europeias. Com o evento Team of The Group Stage, a EA Sports escolheu 14 jogadores como destaques das suas competições europeias. Doze selecionados são da Champions League, enquanto Europa League e Conference ficaram com um representante cada. Robert Lewandowski, com 93, Cristiano Ronaldo e Mohamed Salah, com overall 92, são os três jogadores que estão no topo das classificações. Com exceção das cartas das competições de menor expressão, todas são pelo menos utilizáveis.

Na casa do milhão, Cristiano Ronaldo e Salah são os jogadores mais valorizados deste bom time TOTGS. O gajo é disparadamente a melhor carta do time que chegou. Além de ótimos números para atacante, ele ainda é bastante “bugado” e faz alguns gols absurdos. O jogador do Liverpool também é uma das cartas metas na gameplay e, apesar de ter apenas 3 de perna ruim, rende muito vindo da ponta para dentro. Caso não tenha dinheiro para adquirir esta versão, a carta de Jogador do Mês de Novembro da Premier League ainda está disponível por DME e pode ser barateada com os jogadores do seu clube.

Tiago Djaló, do Lille (Getty Images / OneFootball)

Num segundo escalão, mas ainda com cartas sensacionais e dentro da meta do jogo, Marquinhos, do PSG, Vinícius Júnior, do Real Madrid, e Tiago Djaló, do Lille, custam entre 500 e 700 mil moedas. Os brasileiros já são cartas presentes em diversos times e, basicamente, continuam a receber upgrades que refletem o bom desempenho na temporada. O caso de Djaló é bem diferente: ele salta de uma carta prata rara, de classificação 74, para uma belíssima versão 85 – com bons números de zagueiro e ainda muito rápido. Com a nova carta, o português torna-se um dos principais zagueiros da liga francesa.

Apesar de todos os jogadores da Champions serem utilizáveis, destacam-se três cartas que estão um patamar acima destes. O líder na classificação, Lewandowski, não é um jogador meta, mas que pode ajudar times que se adaptam a jogadores mais pesados. Não é ágil, mas é matador. Na Premier League, João Cancelo recebe mais uma carta especial e continua sendo útil – inclusive na sua versão ouro raro. Como tem atuado pela lateral esquerda, todos os upgrades estão sendo fora da posição original do português. Na não tão badalada Série A, Federico Chiesa é um jogador obrigatório para os times da liga. Útil em sua versão ouro raro, o upgrade para a carta 87 entrega uma carta muito ágil e que pode jogar pelo lado do campo e também na armação.

Vale destacar o curioso caso de Christopher Nkunku, do RB Leipzig. O francês recebeu a sua sétima versão diferente no FIFA 22! A nova versão, com classificação 88, assemelha-se à versão de Jogador do Mês de Novembro da Bundesliga, mas com a alteração da posição de meia armador para atacante pela direita. Se você utiliza Nkunku no time e tem problemas para o encaixe das peças para gerar entrosamento, vale conferir se esta nova opção consegue ajudar.

Osinhem: um centroavante rápido e letal

Jogador por Objetivo

Victor Osimhen, artilheiro do Napoli, chega de forma gratuita com uma ótima versão de overall 86. Podendo ser utilizado em todas as posições do ataque, o nigeriano rende mais como centroavante e pode ser letal entrando no segundo tempo com o outro time mais desgastado. O único defeito da carta é o 3 de drible, mas não atrapalha tanto para alguns tipos de gameplay. Caso faça, o melhor entrosamento é o “Finalizador”.

Haller: forte e bom finalizador

Jogador por DME

Um dos artilheiros da Champions League, empatado com Lewandowski, Sébastien Haller anotou 9 gols em 5 partidas e recebe merecidamente uma boa versão 88. O atacante do Ajax é um centroavante de referência, para fazer o pivô e será utilizado apenas por usuários que gostem dessas características. O preço do DME está bem acessível, mas os links são bem limitados. Caso faça o David Neres que está disponível, pode ajudar.

Foto de João Belline

João Belline

Jornalista de formação, louco dos esportes por opção. Depois de muito escalar Cartola, jogar Winning Eleven, escrever escalação dos sonhos no caderno e topar o dedão na rua, falar sobre futebol virou uma necessidade. É mais um leitor que buscou espaço no time da Trivela e entende que futebol está acima do clube.
Botão Voltar ao topo