Ligue 1

Tchouaméni deu um show e o Monaco venceu a oitava partida seguida, que o coloca na vice-liderança

Tchouaméni marcou os dois gols na vitória fora de casa sobre o Lille e amplia a empolgação ao redor do fim de temporada do Monaco

O Monaco vem atropelando na reta final da Ligue 1. De uma campanha morna, que rendeu inclusive a demissão de Niko Kovac, os alvirrubros cresceram bastante de produção um tempo depois da chegada do técnico Philippe Clement. O clube do principado não tinha terminado uma rodada dentro da zona de classificação às copas europeias até o meio de abril. Agora, com sua oitava vitória consecutiva, inicia o final de semana na vice-liderança. O Monaco visitou o Lille nesta sexta e buscou a vitória no Estádio Pierre Mauroy por 2 a 1. Seria uma grande exibição de Aurélien Tchouaméni, cada vez mais especulado em outros clubes, que tratou de anotar ambos os gols da equipe.

O Lille criou boas chances de abrir o placar, mas o Monaco cresceu e saiu em vantagem aos 42 minutos. Tchouaméni recebeu na meia lua, fintou a marcação e acertou um chute rasteiro que saiu do alcance de Léo Jardim. O empate dos Dogues aconteceu aos 24 do segundo tempo, com o substituto Ángel Gomes, que passou no meio de dois e chutou colocado. Porém, já aos 30, Tchouaméni resolveu a parada para os monegascos. O meio-campista recebeu na intermediária e experimentou a sapatada. O petardo seguiu baixo e entrou no canto inferior da meta, ainda beliscando a trave. Golaço.

É curioso notar como o Monaco tinha vencido apenas oito partidas durante todo o primeiro turno, até a demissão de Niko Kovac. Mas não dá para dizer que o impacto de Philippe Clement foi imediato, já que o novo treinador só tinha vencido três partidas pela Ligue 1 em seus nove primeiros compromissos. O momento atual é que realmente impulsiona a equipe, iniciado justo com a vitória por 3 a 0 sobre o Paris Saint-Germain dentro do Louis II. A disputa apertada pelo G-3 não garante os monegascos na próxima Champions. De qualquer maneira, não se nega que o clube cumpre muito bem a missão para chegar lá, especialmente depois de vencer Olympique de Marseille, Rennes e Nice (todos rivais diretos) desde o início de março. Enquanto Tchouaméni sobra no meio-campo, Wissam Ben Yedder segue acumulando seus gols e é o vice-artilheiro da liga.

O Monaco abre a rodada com 65 pontos, na segunda colocação. O Olympique de Marseille também tem 65 e entrará em campo pressionado contra o Lorient, fora de casa. Por causa da final da Copa da França, Rennes (62 pontos) e Nice (60 pontos) entrarão em campo apenas no meio da semana, respectivamente contra Nantes e Saint-Étienne. Já o Strasbourg, com 57 pontos, depende de um milagre e pegará o Brest. Depois disso, restarão apenas mais duas rodadas, com destaque ao Rennes x Olympique de Marseille na penúltima. O caminho do Monaco é mais fácil, contra Brest e Lens.

Por fim, vale lembrar que o terceiro colocado da Ligue 1 terá que disputar as preliminares da Champions League na próxima temporada. A segunda colocação, assim, tem um peso ainda maior na competição. Nesta temporada foi o próprio Monaco que entrou nas fases prévias e ficou pelo caminho, ao ser eliminado pelo Shakhtar Donetsk em jogos que merecia melhor sorte.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo