Ligue 1

Talismã no início de Sampaoli, Luis Henrique deu duas assistências e impulsionou a vitória do Olympique no fim

Jorge Sampaoli estreou à frente do Olympique de Marseille no meio da semana, pegando um time pressionado pela eliminação na Copa da França contra um adversário da quarta divisão. O novo comandante conseguiu derrotar o Rennes nos minutos finais por 1 a 0 e, neste sábado, ganhou outra pela Ligue 1 no sufoco. Os gols decisivos no Estádio Vélodrome vieram só no fim, mas valeram os 3 a 1 sobre o Brest. O brasileiro Luis Henrique, que já tinha dado a assistência na vitória anterior, desta vez criou as jogadas aos dois tentos que desempataram o placar.

O Olympique abriu a contagem no fim do primeiro tempo, com Arkadiusz Milik, mas cedeu o empate aos 26 do segundo, num cruzamento que Lilian Brassier completou. O Brest dominou parte do jogo e teve 60% de posse de bola. Porém, Luis Henrique saiu do banco e conseguiu fazer toda a diferença. Aos 43, o brasileiro tabelou pela esquerda e deu o passe para Florian Thauvin encher o pé. Já nos acréscimos, acionado num lançamento longo, fintou o marcador na linha de fundo e cruzou para Michael Cuisance definir.

Contratado inicialmente para atuar como centroavante, numa posição na qual não estava acostumado, Luis Henrique teve pouco espaço com André Villas-Boas, aparecendo mais como reserva na Champions League. O garoto passou a ganhar mais minutos nas últimas semanas e tem sido importante. Já tinha dado uma assistência na vitória sobre o Nice. Agora, vira uma espécie de talismã com Sampaoli. Vale lembrar que o ponta enfrentou o treinador no início do último Brasileirão e fez uma de suas melhores partidas pelo Botafogo, na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético Mineiro.

O Olympique de Marseille assume a quinta colocação com o resultado, somando 45 pontos, e espera o resultado do Lens. Não briga mais pela Champions, mas é candidato à Conference League. Já o Brest ocupa o 13° lugar, com 34 pontos. O outro jogo da Ligue 1 neste sábado teve a vitória do Saint-Étienne por 1 a 0 sobre o Angers, gol de Wahbi Khazri.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo