Ligue 1

PSG é impiedoso com erros do Lille e goleia o atual campeão francês por 5 a 1

Após ser eliminado pelo Nice na Copa da França, a vitória e a atuação foram importantes para aliviar o clima no Parque dos Príncipes

O goleiro do Lille, Ivo Grbic, não foi exatamente brilhante neste domingo, com falha nos dois primeiros gols do Paris Saint-Germain, que aproveitou para golear o atual campeão fora de casa por 5 a 1 e aliviar o clima no Parque dos Príncipes depois da eliminação para o Nice na Copa da França que aumentou a pressão sobre o técnico Mauricio Pochettino.

A atuação foi bastante razoável, embora o jogo tenha sido relativamente equilibrado no primeiro tempo, mas Messi abriu 3 a 1, aos 38 minutos, e o PSG transformou a vitória em goleada depois do intervalo. Chegou aos 56 pontos, 13 de vantagem na liderança do Campeonato Francês. O Lille está apenas no meio da tabela, com 32.

Hatem Ben Arfa recebeu bom passe de Timothy Weah dentro da área, dominou e bateu a curta distância, mas houve desvio para escanteio. Na cobrança, Amadou Onana cabeceou por cima do gol. No minuto seguinte, Nuno Mendes fez ótima jogada pela esquerda e cruzou rasteiro. Em cima do goleiro Grbic. Ele tentou encaixar, mas deixou a bola escapar, e ela ficou livre na pequena área, apenas esperando que Danilo Pereira aparecesse para abrir o placar.

Messi quase ampliou com um chute colocado de fora da área, e Donnarumma saiu bem para evitar que Jonathan David empatasse. Sven Botman levou perigo com uma cabeçada e depois marcou aproveitando linda jogada de Ben Arfa. Sempre muito talentoso, o atacante deixou Di María na saudade, invadiu a área paralelamente à linha de fundo e rolou para o zagueiro completar.

Não houve muito tempo para ficar feliz porque Grbic foi mal novamente. Messi cobrou escanteio pela direita, e a bola passou por todo mundo. Inclusive pelo goleiro que saiu mal do gol. Livre na pequena área, Kimpembe colocou o PSG à frente novamente. Weah chegou a driblar Donnarumma antes de chutar fraco demais, mas Marquinhos estava em cima da linha para cortar e Weah estava em posição de impedimento de qualquer maneira.

Aos 38 minutos, o PSG ampliou graças a um rápido contra-ataque puxado por Mbappé. Começou pela esquerda e saiu driblando até o meio da entrada da área, onde foi desarmado. Messi pegou a sobra, entrou na área e deu uma cavadinha para vencer Grbic, que dessa vez não teve culpa nenhuma. Messi ainda acertou a trave em cobrança de falta antes do intervalo.

Messi lançou Mbappé com um passe na medida, mas o chute do francês bateu na rede pelo lado de fora. Estava apenas calibrando. No minuto seguinte, Draxler, que entrou no lugar de Di María, fez uma grande jogada pelo lado direito e tocou para trás. Messi chegou batendo, e dessa vez Grbic fez uma linda defesa. O rebote, porém, sobrou para Danilo Pereira, que soltou um chute cruzado de fora da área para ampliar a 4 a 1.

O lance mais plástico saiu aos 22 minutos, quando Mbappé marcou o quinto. Transição do PSG com passes de pé em pé pela esquerda encontrou o francês no bico da grande área. Ele dominou, ajeitou e como se chupasse um Chicabon mandou a bola no ângulo de Grbic. Golaço.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo