Ligue 1

Num final de jogo insano, o talento de Mbappé e Di María fez a diferença para que o PSG derrotasse o Saint-Étienne

O jogo teve três gols depois dos 42 do 2° tempo, com a vitória só confirmada no sexto minuto dos acréscimos

O Paris Saint-Germain demonstrou como seus craques fazem a diferença e garantiu uma vitória dramática neste domingo, dentro do Parc des Princes. Os parisienses encaravam o Saint-Étienne e Mauricio Pochettino, além dos desfalques, preferiu poupar alguns titulares após a classificação na Champions League. A equipe, no entanto, teve dificuldades para se impor e precisou viver fortes emoções na incendiária reta final do jogo. Os Verdes abriram o placar, mas Mbappé resgatou o PSG com a virada aos 42 do segundo tempo. O triunfo parecia garantido, mas só parecia, já que o Saint-Étienne empatou de novo aos 47. Já aos 51, Di María rabiscou um lance de craque e Icardi confirmou a vitória por 3 a 2, que aproxima os parisienses do Lille na ponta da Ligue 1.

O Paris Saint-Germain vinha com várias mudanças em relação à classificação na Champions League. Alessandro Florenzi era uma boa nova na lateral direita, enquanto Kylian Mbappé era a estrela principal no ataque, com a suspensão de Neymar e Ángel Di María poupado. Desde o primeiro tempo, os parisienses martelavam, mas não conseguiram converter o gol. A principal chance aconteceu aos 29, numa falta cobrada por Pablo Sarabia que bateu na trave. Já na resposta do Saint-Étienne, Wahbi Khazri teve um gol anulado por impedimento. A falta de pontaria era um problema, pelo tamanho do domínio do PSG. Rafinha e Mbappé também perderam boas oportunidades antes do intervalo.

Os gols ficaram para o segundo tempo. O Paris Saint-Germain permanecia no controle, mas sem exercer um abafa tão grande. Faltava mais agressividade ao time e, aos 22 minutos, Mauricio Pochettino veio com três alterações: Ángel Di María, Mauro Icardi e Marco Verratti. Mesmo assim, os parisienses não conseguiram converter sua superioridade no placar e acabaram tomando o primeiro gol aos 33. Miguel Trauco cruzou da esquerda e Denis Bouanga apareceu sozinho para concluir. A partir de então, o duelo pegaria fogo.

A reação do PSG seria imediata, e dependeria de Mbappé. O atacante empatou já no minuto seguinte. Ander Herrera executou um lançamento cirúrgico e, depois de dominar, Mbappé mandou para dentro. Os parisienses permaneceram em cima até a virada aos 42. O goleiro Etienne Green cometeu pênalti em Mbappé e o próprio atacante converteu. Contudo, quando a vitória parecia assegurada, um desleixo defensivo reavivou o Saint-Étienne, com o empate aos 47. O goleiro Sergio Rico rebateu um chute cruzado de Bouanga no meio da área e, sozinho, Romain Hamouma mandou para dentro.

Mesmo com o relógio próximo do estouro, o PSG não desistiu. E o triunfo contou com o talento de Di María. O argentino quase tinha anotado um golaço olímpico, mas a bola bateu na trave. O goleiro Green também se chocou com o poste no lance, necessitando de atendimento. Os acréscimos se arrastavam até os 51, quando mais um lance pela ponta direita foi chave aos parisienses. Di María deu uma caneta desconcertante em Bouanga, antes de cruzar com perfeição. Green ficou plantado e, de cabeça, Icardi concluiu o triunfo na pequena área.

O Paris Saint-Germain tem 69 pontos, na vice-liderança. Aproveita para encostar no Lille, com 70, que só empatou com o Montpellier na abertura da rodada. Já no restante do domingo, as atenções recaem sobre Monaco e Lyon, que permanecem no apertado páreo. O Saint-Étienne ocupa o 13° lugar, com 39 pontos, numa campanha pouco expressiva.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo