Ligue 1

Lyon tem a chance de dar um passo importantíssimo contra o inferno que vive

Lyon pode chegar no jogo contra o Le Havre, pela Ligue 1, a cinco vitórias seguidas na temporada, o que era impensável pouco tempo atrás

Há uma luz no fim do túnel para o Lyon. O time faz uma de suas piores temporadas da história, demorou mais de metade do primeiro turno da Ligue 1 para conseguir uma mísera vitória, trocou de treinador, viu ameaças de torcedores dentro e fora dos gramadas, mas finalmente parece estar encontrando um rumo levemente mais pacífico. Para consumar a atual fase não tão ruim (difícil chamar de boa), o time tem de vencer o Le Havre, neste domingo (14), em um confronto direto na parte de baixo da tabela do Campeonato Francês.

A primeira vitória do Lyon na Ligue 1 aconteceu, pasme, apenas em 12 de novembro, quando a equipe venceu o Rennes, fora de casa, por 1 a 0. Não a toa, o time figurou boa parte do primeiro turno do Campeonato Francês não apenas na zona de rebaixamento, mas como último colocado. Graças a uma série recente de três vitórias nos últimos três jogos que disputou no torneio, no entanto, a equipe comandada atualmente por Pierre Sage respirou, saiu do grupo da degola e agora quer encontrar paz.

Lyon tem a chance de engatar cinco vitórias seguidas, o que era impensável até agora

A vitória contra o Rennes seguiu sendo única por mais três jogos, pois nos compromissos seguintes o Lyon voltou a emendar três derrotas seguidas e preocupar seus torcedores. Foi com a reta final de 2023, apenas, que Les Gones conseguiram a série de vitórias que os tiraram da zona de rebaixamento. Agora, mais estruturados, venceram o duelo que tiveram no meio de semana contra o Pontarlier, equipe amadora, pela Copa da França, e se vencerem o Le Havre chegarão à marca de cinco vitórias consecutivas, o que pode significar uma nova fase impensável para o time.

Pierre Sage foi efetivado como treinador do Lyon nesta semana, após a série de jogos com resultados positivos, e parece ter dado um formato de time à equipe, que parecia um bando em campo durante a maior parte do primeiro turno de Ligue 1. Tanto que, finalmente, Alexandre Lacazette tem conseguido brilhar e comandar o clube dentro de campo, como estava sendo esperado. Nos últimos quatro jogos, quatro vitórias, ele anotou cinco gols e deu uma assistência, finalmente sendo a referência que estavam esperando dele.

Mudança de esquema foi crucial para sequência de vitórias do Lyon

O grande x da questão que Pierre Sage conseguiu foi adaptar o esquema do Lyon e fazer, principalmente, com que a defesa parasse de ser tão frágil. Colocou em campo um esquema com três zagueiros e uma linha de quatro jogadores a frente deles, dois alas e dois volantes. Mais para frente, dois meias e Lacazatte como único atacante dão o tom final ao 3-4-2-1 que tem sido essencial para a recuperação do Lyon no Campeonato Francês.

Para efeito de comparação, foram 27 gols tomados nos 14 primeiros jogos de Ligue 1, uma péssima média de praticamente duas redes balançadas por partida disputada. Nos últimos três jogos pelo Campeonato Francês, nenhum gol tomado, mesma situação vivida na vitória sobre o Pontarlier na Copa da França. Acima de tudo, hoje, o Lyon é um time saudável em seu equilíbrio, conseguindo não sair atrás em todos os momentos e não tendo a necessidade de sempre correr atrás do resultado.

Jogar o Le Havre contra o fogo é o grande objetivo do Lyon para o jogo

Atualmente na décima quinta colocação de Ligue 1, o Lyon tem apenas três pontos a menos do que o Le Havre, o que torna a partida ainda mais decisiva. Se vencer, empata em pontos e segue atrás por conta do saldo de gols, que é bem pior que o do adversário no momento — -3 a -11. Mas a vitória seria mais do que apenas empatar em pontuação, seria a marca de um inesperado renascimento que o Lyon e sua torcida esperavam, mas basicamente não acreditavam mais. É ver se os ares do fim de 2023 continuam soprando no 2024 do time…

Botão Voltar ao topo