Ligue 1

Kolasinac encerra seu contrato com o Arsenal e chega sem custos ao Olympique de Marseille

Kolasinac é o segundo reforço sem custos do Olympique nesta janela de inverno, após a chegada de Bakambu

Como manda a cartilha de Jorge Sampaoli, o Olympique de Marseille realiza novas contratações no mercado de inverno. Os celestes tinham conseguido um ótimo acerto na última semana, ao buscarem Cédric Bakambu após o fim de seu contrato no futebol chinês. Já nesta terça-feira, a novidade dos marselheses é Sead Kolasinac. O defensor desembarca também sem custos, com contrato assinado por 18 meses. Sem espaço nos Gunners, o bósnio terminou seu contrato seis meses antes do final e, por isso, pôde fechar com os franceses sem empecilhos.

Kolasinac é uma daquelas apostas do Arsenal que nunca vingaram realmente. O defensor foi levado pelo Schalke 04 ainda nas categorias de base e surgiu como uma jovem promessa nos Azuis Reais. Foram cinco temporadas em bom nível na Bundesliga, mesmo atrapalhado por uma séria lesão ligamentar neste intervalo. Também virou um nome importante na seleção da Bósnia e seria o lateral esquerdo titular durante a participação do país na Copa do Mundo de 2014.

Sem renovar com o Schalke, Kolasinac assinou com o Arsenal em 2017, aos 24 anos, e permaneceu como um nome frequente entre os titulares durante seus três primeiros anos. Porém, não era um jogador tão imprescindível assim e virou um nome dispensável nos dois últimos anos. Em 2020/21, inclusive, o bósnio voltaria por empréstimo para o Schalke 04 na segunda metade da Bundesliga e não evitou o rebaixamento dos Azuis Reais. E seguiria pouco aproveitado por Mikel Arteta nos Gunners.

Kolasinac disputou apenas cinco partidas na atual temporada, três delas como titular. O defensor jogou somente duas vezes na atual Premier League e seu único jogo no 11 inicial seria péssimo, na goleada do Manchester City por 5 a 0 logo na terceira rodada. Na maior parte do tempo o bósnio sequer foi relacionado, enquanto também ficou no departamento médico por uma lesão no tornozelo. A atual janela de transferências era a deixa para que encontrasse um novo clube.

Kolasinac chega para ocupar uma posição carente do Olympique de Marseille, diante da falta de opções na lateral esquerda. Nas últimas partidas, quando Sampaoli escalou a defesa com quatro homens, Luan Peres acabou improvisado por ali. Além disso, o bósnio parece apto a entrar também num sistema com três zagueiros, dadas as suas capacidades defensivas. Não é a promessa que um dia surgiu no Schalke, mas pode ser útil na empreitada dos marselheses em busca da vaga na Champions League. E, considerando as condições do negócio, sem custos, a solução é favorável para os celestes.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo