O aproveitou a chance de abrir a rodada da Ligue 1 para assumir a liderança provisória. Os Gones precisavam de um pouco de cautela contra o , fora de casa. Os adversários fazem uma campanha de meio de tabela e arrancaram um empate do Lille na rodada anterior. No entanto, o OL saiu com a vitória por 3 a 2 do Estádio Francis Le Blé, depois de abrir três gols de vantagem ainda no primeiro tempo. Os brasileiros foram decisivos, com participações em todos os três tentos.

O Lyon começou a partida com Thiago Mendes e Bruno Guimarães formando a dupla de volantes, além de Lucas Paquetá centralizado na armação. O camisa 12 foi o responsável pelo primeiro gol, logo aos nove minutos. Roubou a bola do goleiro Sébastien Cibois e bateu à meta vazia. O segundo, aos 29, teve ajuda de Thiago Mendes. O volante realizou um desarme na entrada da área e passou a Memphis Depay, que ajeitou para Houssem Aouar definir. Por fim, aos 44, Bruno Guimarães lançou e Depay entrou na área livre, sendo derrubado pelo goleiro. Pênalti, que o próprio atacante converteu.

A reação do Brest aconteceu no segundo tempo. Os alvirrubros descontaram aos oito, numa jogada de Franck Honorat pela esquerda. Mesmo com a área congestionada, Brendan Chardonnet teve espaço para cabecear às redes. Já aos 29, os anfitriões encostaram no placar. Chardonnet lançou e Irvin Cardona saiu nas costas da zaga, tocando na saída de Anthony Lopes. Apesar da insistência, o Brest não arrancaria o empate.

O Lyon chega aos 55 pontos, à frente do Lille graças ao saldo de gols. O Paris Saint-Germain também foi ultrapassado, um ponto atrás. Os Gones agora secam a concorrência, com a visita do Lille ao Lorient e o duelo do PSG em casa com o ascendente Monaco. O Brest, por sua vez, é o 12° colocado e aparece mais próximo de almejar uma vaga na Liga Europa que de lutar contra o rebaixamento.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore