Ligue 1

Após as oito rodadas iniciais, o Paris Saint-Germain é mais líder do que nunca na Ligue 1

Confira o resumo do que aconteceu na oitava rodada do Campeonato Francês

*Conteúdo oficial da Ligue 1

Após as oito rodadas iniciais, o Paris Saint-Germain é mais líder do que nunca.

Nove pontos na frente do Lens, a comparação direta do clube da capital é feita com ele próprio na temporada 2018/19, quando a equipe também venceu seus oito primeiros compromissos.

Dentro de campo, foi possível notar uma diferença na equipe de Maurício Pochettino em relação aos últimos jogos.

Se nos dois últimos confrontos Neymar e Mbappé frequentaram a mesma faixa de campo, nessa partida, eles estiveram mais separados.

Nesse design dá para ver mais claramente essa distinção de posições:

Após um início tumultuado na temporada, o AS Monaco, de Niko Kovac, parece ter entrado nos trilhos.

E a rota desses trilhos passa pela ala esquerda, posição de Caio Henrique.

Caio é a mais importante válvula de escape do time monegasco.

Na partida contra o Clermont, por exemplo, ele foi responsável não somente por uma, mas, sim, DUAS, assistências.

Caio, inclusive, é o segundo jogador Brasileiro com mais minutos nessa temporada da Ligue 1 Uber Eats.
Ele só fica atrás de Andrei Girotto.

Dante está com um asterisco em frente ao nome pois ele poderia ser o #1, mas a partida interrompida diante do Olympique de Marselha o coloca na quarta colocação ainda.

Legal é notar que o lateral-direito Igor Silva, do Lorient, pouco conhecido no Brasil é o quinto.

Com 25 anos, Igor é natural de Niterói (RJ) e só atuou pelo Comercial-SP antes de se mandar pro exterior.

A derrota em casa por 3 a 2 para o Lens fez com que o Marseille perdesse não somente o vagão do PSG, como também a segunda colocação para o próprio Lens.
Apesar da atuação de Dimitri Payet, que marcou dois gols e empatou na liderança, os comandados de Sampaoli nada puderam fazer diante do Lens.

E para concluir essa edição, o Lyon tropeçou em casa diante do Lorient.

O cartão vermelho aos 14 minutos da primeira etapa do ítalo-brasileiro Émerson Palmieri fez com que seus companheiros de time tivessem que correr um “cadinho” a mais em campo, como diria a turma lá de Minas Gerais.

O mapa de calor de Lucas Paquetá mostra que ele e seus companheiros tiveram que suar a camisa para conseguir o empate com um a menos em campo.

A próxima rodada da Ligue 1 Uber Eats (a 9ª) começa na sexta-feira.

Até lá!

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo