Mesmo que longe de sua reta final, ainda na fase de 32-avos, a Copa da França teve boas histórias nesta quarta-feira (10). Não houve grande surpresa entre os classificados às oitavas de final, com PSG, Lille, Marseille e Monaco avançando, mas narrativas paralelas se desenrolaram: Neymar deixou o gramado lesionado, Raymond Domenech não suportou mais uma derrota e foi demitido pelo , e a garotada de diferentes equipes aproveitou a chance dada contra adversários mais frágeis e deixou sua marca.

Caen 0x1

O PSG teve no Caen, 11º colocado da Ligue 2, um adversário teoricamente fácil, mas conseguiu apenas uma vitória magra de 1 a 0. O autor do único gol da partida foi Moise Kean, completando passe de . O duelo guardou ainda duas pequenas histórias dignas de manchete. Pelo lado ruim, Neymar deixou o gramado contundido, com um problema na coxa, e preocupa, à espera de exames. Pelo lado bom, o badalado Xavi Simons, de apenas 17 anos, entrou aos 33 do segundo tempo no lugar de Draxler, fazendo sua estreia como profissional.

Auxerre 0x2

Em sua segunda partida à frente do Olympique de Marseille como técnico interino, substituindo o demitido André Villas-Boas, Nasser Larguet se recuperou da derrota para o PSG e levou os phocéens a uma vitória por 2 a 0 sobre o 5º colocado da Ligue 2, o Auxerre. Benedetto, pondo fim a uma sequência de quatro jogos sem marcar, abriu o placar aos nove do segundo tempo, de cabeça. Já nos acréscimos, aos 47, Bamba Dieng, senegalês que chegou ao clube em outubro de 2020 e vinha defendendo o time B, ampliou logo em sua primeira partida na equipe principal, decretando o 2 a 0.

Grenoble 0x1

Invicto há nove jogos na Ligue 1 e vindo de uma sequência de sete vitórias na liga nacional, o Monaco estendeu a boa fase para a copa. O resultado contra o Grenoble, 3º colocado da Ligue 2, foi magro, mas suficiente para fazer a equipe avançar: 1 a 0. Stevan Jovetic, em bonito chute de fora da área aos 36 minutos do primeiro tempo, foi o autor do gol solitário.

Bordeaux 0x2

Mesmo jogando fora de casa, o Toulouse, vice-líder da Ligue 2, teve uma atuação confortável para bater o Bordeaux por 2 a 0. O destaque foi Janis Antiste, que deu assistência para o primeiro gol, marcado por Issouf Bayo aos 39 da primeira etapa, e fez linda jogada individual para decretar o 2 a 0 aos 11 do segundo tempo. O Téfécé teve quase o dobro de finalizações que o adversário (19 a 10) e mandou sete bolas ao alvo, contra apenas uma da equipe de Jean Louis Gasset, que acumula agora incríveis quatro derrotas seguidas, contando os três últimos resultados ruins na Ligue 1.

Nantes 2×4 Lens

Apenas 46 dias após ser contratado, acabou demitido após a derrota por 4 a 2 em casa para o Lens, que eliminou o Nantes da . Ao todo, Domenech comandou a equipe em oito jogos, sem conquistar uma vitória sequer. O Lens construiu sua vitória, de virada, ainda no primeiro tempo, com Corentin Jean, duas vezes, e Cheick Doucouré, abrindo 3 a 1 antes da ida para o intervalo. Arnaud Kalimuendo, emprestado ao Lens pelo PSG, fez o quarto na segunda etapa, e Kader Bamba, que havia marcado o primeiro tento da partida, foi às redes novamente para diminuir para o Nantes.

Dijon 0x1

Líder da Ligue 1, o Lille de Christophe Galtier girou a equipe e foi a campo com um time misto, dando chance a alguns garotos. Um deles, em especial, brilhou. Aguibou Camara, de apenas 19 anos, fazia sua estreia pelos profissionais e marcou o único gol do jogo, ainda aos 15 minutos do primeiro tempo, aproveitando saída questionável do goleiro do Dijon em uma bola longa e tocando com tranquilidade.

Outros resultados

Strasbourg 0x2 Montpellier
Amiens 1×2 Metz
Nîmes 1×3 Nice
Brest 2×1 Rodez