EuropaFrançaLiga Europa

É até pecado anular um golaço desses, do meio-campo

O árbitro está em campo para fazer seu serviço, garantir que as regras do jogo sejam cumpridas. No entanto, há vezes quando ele poderia simplesmente não existir. Ao marcar erros absurdos, é claro, e também quando atrapalha obras-primas, como a ocorrida nesta quinta. Por uma simples interpretação, Andre Mariner anulou um dos gols mais antológicos da história da Liga Europa.

De primeira, Yoann Gourcuff acertou um lindo chute nas redes. Do meio-campo, encobrindo o goleiro Stephan Andersen. O golaço, porém, não valeu para o juizão, que viu uma falta de Bafetimbi Gomis pouco antes, em uma disputa pelo alto. Dá até para se discutir se foi mesmo falta ou se o apito fez com que o arqueiro do Betis tirasse a mão. Gourcuff, pelo menos, entrou para a história por um dos gols mais bonitos não marcados. E ainda teve o consolo da vitória por 1 a 0, com assistência dele justamente para Gomis.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo