Fifa confirma a entrega do prêmio The Best em 2020, com cerimônia virtual marcada para 17 de dezembro

A Fifa confirmou nesta sexta-feira a realização do prêmio The Best em 2020. Há alguns meses, foi noticiada até mesmo a possibilidade de que a condecoração acabasse cancelada neste ano, devido à pandemia, como aconteceu com a Bola de Ouro da France Football. No entanto, a entidade internacional anunciou a organização de uma cerimônia especial para 17 de dezembro – apenas virtual, diante das circunstâncias sanitárias.

“Após o reinício seguro das competições, graças a uma combinação de trabalho árduo e solidariedade ao redor de todo nosso esporte, o futebol tem sido uma fonte rara de conforto e alegria para muitos. Portanto, é importante que a Fifa homenageie tais conquistas neste ano extraordinário”, justificou a entidade, em sua nota oficial.

A Fifa manterá 11 premiações para o The Best. Escolherá o melhor jogador, o melhor treinador e o melhor goleiro do futebol masculino, assim como a melhor jogadora, a melhor goleira e a melhor treinadora (ou treinador) do futebol feminino. Tanto homens quanto mulheres terão seu time ideal anunciados pela FIFPro, com o melhor de cada posição. Além do mais, seguirão entregues o Prêmio Fair Play, o Prêmio Puskás e o Fan Award à melhor iniciativa social.

A novidade para 2020 é que o prêmio de melhor goleiro e de melhor goleira adotará os moldes das votações de melhor jogador – com participação dos treinadores das seleções, dos capitães das seleções e de um membro da imprensa de cada país, além de uma parcela de votação popular. Antes, um comitê especializado fazia a escolha. A votação começará em 25 de novembro e terminará em 9 de dezembro, com o anúncio dos finalistas nos próximos dias.