Europa

Torcida do Rangers protesta contra jogadores tuiteiros

Enquanto o Rangers luta para retornar à elite do futebol escocês disputando a quarta divisão local, a torcida não tem perdoado alguns de seus atletas.

Dias depois do escândalo de Francisco Sandaza, que revelou estar no clube apenas pelo dinheiro e que tentou negociar sua saída do Ibrox Park, a fanática massa que lota as arquibancadas dos Gers fez um protesto inusitado. A manifestação ocorreu durante o empate em 0 a 0 contra o Stirling, na manhã deste sábado.

LEIA MAIS
Atleta do Rangers cai em pegadinha de torcedor do Celtic

Por mais que a vantagem na liderança seja de 21 pontos sobre o Queen’s Park, o pessoal das bancadas não deu um refresco ao levar faixas protestando contra alguns atletas que tem passado muito tempo nas redes sociais. Com duas faixas estampadas no setor destinado aos locais, o recado foi dado ao elenco: “Menos tempo tuitando, mais tempo treinando”.

A cobrança mostra que equipes grandes precisam mesmo se portar de acordo com a sua tradição, sem dar chance aos pequenos. O discurso vale sobretudo para o Rangers, que passa pelo inferno de ter de se reinventar e começar do zero. O processo é longo e exige dedicação, que é a exigência de qualquer torcida de clubes gigantes como os Gers.

No entanto, as faixas parecem não ter surtido o efeito desejado, já que os donos da casa ficaram apenas no 0 a 0 com o Stirling, sétimo colocado na tabela.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo