Champions LeagueEuropa

Shakhtar leva empate no final e Dortmund segue invicto

Dois estilos parecidíssimos de jogo se enfrentaram na fria noite de Donetsk, na Donbass Arena. Shakhtar e Borussia Dortmund são os atuais campeões de suas ligas, com muito mérito. Um futebol ofensivo e com dribles objetivos, muitos gols e excelente controle de bola são marcas presentes nas formações de Mircea Lucescu e Jürgen Klopp.

Com essa premissa de confronto aberto, os dois disputaram a primeira partida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Equilibrado, o confronto foi repleto de lances de perigo para ambos os lados. A bola parada definiu a abertura do placar, e em momentos isolados como aos 15,: Hümmels subiu mais que a defesa ucraniana e testou na trave, para apreensão dos locais. Enfrentando um clima frio na Donbass Arena, os oponentes tiveram mesmo de adotar um ritmo veloz em campo, num duelo interessante e muito técnico.

Entretanto, nem tudo foi perfeito. Os mais jovens demonstravam nervosismo pela importância do confronto e erravam passes curtos no meio, dando chances claras de contragolpe. No quesito marcação, nenhuma das defesas dava espaço em seu campo, muito menos pelo alto. Mais disposto a alcançar a vantagem, o Dortmund chutou mais. Foram 17 finalizações, sendo oito delas ao gol de Pyatov. Discretos, os mandantes preferiram a cautela à ofensividade.

Srna abriu o placar aos 31 numa falta cobrada com classe. O croata acertou a bola rente ao travessão de Weidenfeller, que não alcançou a bola. Afetados pelo gol sofrido, os germânicos partiram com tudo para o ataque, com Reus e Götze lançando para o meio da área, onde Lewandowski estava estacionado. A reação veio com o atacante polonês, num lance fortuito: o camisa 9 do Dortmund dominou passe de Götze e estava marcado por dois. No instante do chute, ele furou e tirou os dois zagueiros da jogada. Aí estava fácil, só bater no canto e empatar.

O segundo tempo marcou uma atuação mais ofensiva ainda por parte do Dortmund. Lewandowski perdeu algumas boas chances e Pyatov quase entregou o ouro num chute fraco que resvalou em um defensor. Preferindo apostar alto, Klopp deixou sua defesa um pouco desprotegida e teve de lidar com a pressão do Shakhtar, que sempre está à vontade em casa.

Douglas Costa, que havia entrado minutos antes na vaga de Taison, achou o segundo gol num belo voleio da entrada da área. O meia-atacante tirou Schmelzer e Hümmels da jogada com o peito e mandou um chute incrível no canto de Weidenfeller. 2 a 1 para o Shakhtar, com 23 minutos pela frente.

Novamente atrás no agregado, os visitantes abusaram das faltas e continuaram tentando acertar de longe o gol de Pyatov. O apelo para bolas alçadas para Lewandowski, apagado em campo, resultaram num escanteio cobrado por Schmelzer no primeiro pau.  Aos 44 finais, Hümmels subiu bem e foi às redes para deixar tudo igual, 2 a 2. A demora para voltar ao jogo pode ter sido determinante para os alemães, que deverão manter suas principais características no jogo de volta.

Para o Shakhtar, que esteve em vantagem duas vezes, resta analisar bem a situação em que foi criado o primeiro gol e não deixar Lewandowski tão tranquilo para finalizar. Num duelo entre dois rivais bem parecidos, a igualdade foi um resultado justíssimo. Bom para o Dortmund, que segue invicto na competição, com quatro vitórias e três empates.

Formações iniciais

football formations

Destaque do jogo

Mario Götze infernizou a vida do ótimo lateral Srna. O alemão a todo instante driblava e passava para dentro da área, vindo sempre do lado direito. A assistência para o gol de Lewandowski e outras faltas sofridas foram importantes na tática de Jürgen Klopp, que conseguiu acalmar seus comandados a ponto de eles irem atrás do empate, pouco antes do apito final.

Momento-chave

A defesa do Dortmund estava muito bem em campo. Sem culpa no gol de Srna, Hümmels e Felipe Santana marcaram em cima os principais coringas do Shakhtar e não erravam o tempo da bola. Entretanto, Douglas Costa teve um momento de brilho e fez o inesperado. O meia, que estava no lugar de Taison, matou no peito, tirou Schmelzer e Hümmels do lance e mandou de voleio no canto de Weidenfeller. Belíssimo gol.

Os gols

31’/1T – GOL DO SHAKHTAR! Srna bate falta com maestria e Weidenfeller não alcança. A bola foi no meio do gol, quase batendo no travessão, mas o arqueiro não conseguiu tocar nela.
41’/2T – GOL DO DORTMUND! Lewandowski fez que foi e tirou dois marcadores do lance com uma furada incrível. Com tempo e espaço, só bateu de chapa no cantinho.
22’/2T – GOL DO SHAKHTAR! Douglas Costa acerta um belo voleio da entrada da área e coloca o Shakhtar na frente. Golaço!
44’/2T- GOL DO DORTMUND! Hümmels sobe bem no primeiro pau após escanteio e testa para o fundo das redes, para empatar.

Curiosidade

Oito dos onze  titulares do Shakhtar na final da Copa Uefa de 2009 estiveram em campo hoje. Andriy Pyatov, Olexander Kucher, Fernandinho, Ilsinho, Luiz Adriano, Răzvan Raţ, Dmytro Chygrynskiy e Darijo Srna, além do reserva Olexiy Gai. Pelo lado do Dortmund, é a formação com menor média de idade da história do clube alemão.

Ficha técnica

SHAKHTAR DONETSK 2X2 BORUSSIA DORTMUND

Shakhtar Donetsk Shakhtar Donetsk

Andriy Pyatov, Dmytro Chygrynskiy, Yaroslav Rakitskiy, Razvan Rat, Darijo Srna, Tomás Hübschman, Fernandinho, Alex Teixeira (Eduardo da Silva 39’/2T), Henrik Mhkitaryan, Taison (Douglas Costa 18’/2T) e Luiz Adriano. Técnico: Mircea Lucescu

Borussia Dortmund_escudo Borussia Dortmund

Roman Weidenfeller, Mats Hümmels, Felipe Santana, Marcel Schmelzer, Lukasz Piszczek, Sven Bender, Sebastian Kehl, Mario Götze, Marco Reus (Julian Schieber, 45’/2T), Kuba Błaszczykowski (Moritz Leitner, 34’/2T) e Robert Lewandowski. Técnico: Jürgen Klopp

Local: Donbass Arena, Donetsk (UCR)
Árbitro: Howard Webb (ENG)
Gols: Srna, 31’/1T, Lewandowski, 41’/1T, Douglas Costa, 22’/2T, Hümmels, 44’/2T
Cartões amarelos: Fernandinho, 24’/2T
Cartões vermelhos: nenhum

 

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é editor-chefe da Revista Relvado, zagueiro ocasional, ex-jornalista, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo