Europa

Quase matam um goleiro a tiros de canhão na Eslovênia

Essa ideia é brilhante. Alguns rapazes na Eslovênia, do clube SD Gorišnica, da quarta divisão, desenvolveram um método muito seguro para treinar goleiros: atirar bolas com canhões. Afinal de contas, o futebol anda muito moderno e um ar medieval é sempre bem-vindo.

Os piratas eslovenos acendem os canhões com tochas – claro -, a cerca de uns 10 metros de distância. O primeiro tiro foi um desastre. Saiu fraco. O segundo quase matou o coitado do goleiro. O terceiro saiu voando e quebrou alguma vidraça em algum lugar. Se a moda pega, vai ter fila de torcedores querendo dar tiro de canhão naquele goleiro frangueiro que falhou em jogo importante. Tem algum candidato em mente?

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo