Europa

Para fechar a rodada de clássicos, o Besiktas arrancou uma virada emocionante contra o Galatasaray

Cyle Larin liderou a reação do Besiktas, com dois gols, e Destanoglu ainda pegou um pênalti no fim

O final de semana repleto de clássicos na Europa ainda se estendeu para a segunda-feira. Afinal, Besiktas e Galatasaray fecharam a rodada do Campeonato Turco dentro da Vodafone Arena. E numa temporada em que o trio de ferro de Istambul tenta se recuperar na tabela, para tirar a diferença do líder Trabzonspor, os alvinegros se deram melhor. Dentro de casa, o Besiktas contou com o faro de gol do canadense Cyle Larin para derrotar os Leões por 2 a 1, de virada e com um pênalti defendido pelo goleiro das Águias na reta final.

Apesar do domínio inicial do Besiktas, o Galatasaray abriu o placar com 35 minutos, graças a Alexandru Cicaldau num chute de fora da área. Ao menos, o empate do Besiktas não tardou e logo saiu aos 39. Após o cruzamento na área, Cyle Larin se antecipou a Fernando Muslera e completou de cabeça para as redes. Já a virada surgiu aos 19 do segundo tempo. Necip Uysal cobrou escanteio fechado e Larin apareceu de novo, para completar no segundo pau após nova falha de Muslera. O Galatasaray ainda teve a chance de ouro para empatar aos 36, num pênalti. Porém, o goleiro Ersin Destanoglu cresceu para cima de Mostafa Mohamed e pegou a cobrança.

O Besiktas chegou aos 20 pontos e ocupa a terceira colocação do Campeonato Turco, emparelhado com os ascendentes Hatayspor e Alanyaspor. Já a liderança é do Trabzonspor, único invicto da Süper Lig, que chegou aos 24 pontos em dez rodadas. O Galatasaray tem um desempenho morno, na oitava colocação, com apenas 17 pontos, dois a menos que o Fenerbahçe, em quinto.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo