Europa

Meia da Irlanda fez a festa de um time formado por meninos com Síndrome de Down

A Data Fifa pode oferecer a oportunidade para jogadores de todo o mundo defenderem as suas seleções. Mas para o meio-campista James McClean, o retorno ao país para os compromissos internacionais teve um significado além. O camisa 14 do West Bromwich atuou pela Irlanda contra Gales e Islândia. Além disso, aproveitou para voltar à sua cidade-natal, Derry, e fazer o bem. O futebolista colocou o sorriso no rosto dos membros do Oxford Bulls, time formado por meninos portadores da Síndrome de Down.

A história dos Bulls se espalhou pela Irlanda nos últimos dias. A equipe foi criada há dois anos e tem treinado duro desde então. No entanto, vem encontrando dificuldades para marcar amistosos e se inscrever em competições. Assim, surgiu a solidariedade de McClean. Ele mesmo resolveu formar um time, composto por outros jogadores profissionais, para bater bola com os garotos. A alegria nos rostos de cada um era evidente.

O Oxford Bulls estreou com o pé direito e “venceu” os adversários renomados. Tudo para desejar boa sorte aos meninos em sua empreitada. “Eu só quero dizer um grande obrigado a James McClean e seus companheiros por virem aqui para ver nossos garotos e oferecer a eles a primeira experiência de jogo! Os meninos ainda estão extasiados e nosso Adam continua nas nuvens! James teve paciência e carinho para lidar com todos”, declarou Kevin Morrison, pai de um dos meninos e um dos responsáveis pelo time. As imagens falam por si:

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo