Europa

Markov retorna ao comando da seleção búlgara

A federação búlgara (BFU) definiu nesta sexta-feira quem será o novo treinador da seleção. Plamen Markov entrou em acordo com a entidade e assinou um contrato por duas temporadas.

O técnico, de 50 anos, havia comandado a Bulgária entre 2002 e 2006. Ele deixou o cargo após a disputa da Eurocopa-06, em Portugal. A seleção estava sem um treinador definitivo desde abril, data da saída de Hristo Stoichkov. Desde então, Stanimir Stoilov e Dimitar Penev desempenharam a função de forma temporária.

“Conversamos com vários treinadores estrangeiros e búlgaros, mas escolhemos Markov. Falamos com Terry Venables, Srecko Katanec, Oleg Romantsev e Walter Zenga, mas eles disseram que não seriam felizes se vivessem no país. Chegamos à conclusão de que também seria muito caro contratar um deles. Não é segredo que nosso objetivo é nos classificarmos para a Copa-2010’, afirmou Borislav Mihaylov, presidente da BFU.

Como jogador, Markov disputou a Copa-86 pela seleção. Após se aposentar, ele treinou Vidima Rakovski, CSKA Sofia e Wydad Casablanca. “Fico grato pela confiança que Mihaylov depositou em mim. Não se trata de algo novo. Conheço os jogadores e a equipe. Não haverá maiores mudanças. Será uma honra e farei tudo o que for possível para conquistarmos melhores resultados”, disse o técnico.

Nas eliminatórias da Copa-2010, a Bulgária está no grupo 8, ao lado de Itália, Irlanda, Chipre, Geórgia e Montenegro. A equipe não se classificou para a disputa da Eurocopa. Markov estreará no cargo em um amistoso contra a Irlanda do Norte, em 6 de fevereiro.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo