Liga Europa

Sem mesmo domínio da ida, Ajax repete vitória sobre o Lille e avança na Liga Europa

Dominante na partida de ida, ainda que tenha conquistado a vitória apenas no fim, o Ajax não conseguiu repetir o mesmo padrão nesta quinta-feira (25), no jogo de volta, atuando em casa. Ainda assim, contou com a falta de um produto final de qualidade do Lille para vencer mais uma vez por 2 a 1 e garantir sua classificação às oitavas de final da Liga Europa.

Em comparação com o primeiro encontro, os franceses tiveram muito mais volume de jogo e pressionaram os neerlandeses desde o início do duelo. Logo aos quatro minutos, Weah avançou em velocidade pela esquerda, cruzou rasteiro, e Stekelenburg se atirou à bola para evitar o gol certo de Ikoné. No rebote, Xeka venceu o goleiro, mas Martínez apareceu no meio do caminho para impedir que ela balançasse a rede. Incisivo, contando com Ikoné e suas descidas pela direita, o Lille seguia apertando, e Renato Sanches levou perigo com um chute da intermediária, à direita do gol.

Apesar do bom início dos Dogues, quem marcou primeiro foi o Ajax. Aos 15 minutos, em cobrança de falta levantada na área, Botman foi deslocado por Álvarez na briga pela bola, e Klaasen apareceu livre para cabecear e abrir o placar.

O Lille não se abateu com o gol sofrido e jogou para buscar os dois gols necessários para sobreviver. Logo aos 19 minutos, levou perigo em chute colocado e com estilo de Timothy Weah, que foi rente à trave de Stekelenburg. Por vários momentos ao longo do jogo, pareceu perto do gol do empate, enquanto o Ajax também levou perigo. Primeiro com Devyne Rensch, que desperdiçou boa chance de fazer 2 a 0 aos 29 do primeiro tempo depois de tabelar com Klaasen e sair cara a cara com Maignan, que respondeu rápido e impediu a finalização. Davy Klaasen e David Neres também tiveram boas chances de ampliar aos 22 e aos 26 do segundo tempo, sem sucesso.

Tendo já reclamado de falta em Botman no gol de Klaasen e de um pênalti em Sanches no fim do primeiro tempo, o Lille queixou-se mais tarde de penalidade máxima em Jonathan David após carga forte de Martínez. Desta vez, com ajuda do VAR, a arbitragem assinalou o pênalti. Na cobrança, Yazici bateu forte, no meio, para empatar aos 32 minutos do segundo tempo.

O gol deu ao Lille esperança de sobreviver na competição, mas o Ajax logo acabaria com essas pretensões. Aos 43 minutos do segundo tempo, após roubada de bola de Klaasen e passe de Gravenberch, Tadic cruzou da esquerda para a segunda trave, Brobbey desviou de cabeça, e Neres apareceu para completar para o gol e dar números finais ao encontro: 2 a 1.

O Ajax busca uma boa participação na Liga Europa após duas campanhas decepcionantes na Champions League desde a marcante jornada na temporada 2018/19. O triunfo sobre um adversário como um Lille é um impulso importante neste sentido, e existe talento para ir longe na competição.

O Lille, por sua vez, ainda que tenha tido uma apresentação superior nesta volta, deixou a desejar, tendo em vista a temporada que faz na Ligue 1, em que lidera com três pontos de vantagem após 26 rodadas. Por outro lado, pode optar por olhar para o lado positivo e voltar toda a sua atenção para a campanha nacional – ao mesmo tempo em que tira aprendizados para confrontos europeus futuros, para os quais, por ora, não parece muito preparado.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo