Liga Europa

Qarabag escreve saga épica, bate o Braga e está nas oitavas da Liga Europa

Com gol nos acréscimos do segundo tempo extra, o Qarabag conseguiu a classificação para as oitavas de final da Liga Europa para delírio da torcida, que compareceu em Baku, no Azerbaijão

Não faltaram gols, e definitivamente não faltou emoção em Baku nesta quinta-feira (22). Mesmo jogando com um a menos e perder por 2 a 0 no tempo regulamentar, o Qarabag conseguiu a sonhada classificação para as oitavas de final da Liga Europa. Em vantagem pela vitória por 4 a 2 no jogo da ida contra o Braga, o time do Azerbaijão conseguiu derrotar os portugueses por 2 a 1 na prorrogação, com gols de Matheus Silva e Nariman Akhundzade. Roger Fernandes, Álvaro Djaló e Simon Banza marcaram os gols dos gverreiros.

Com o resultado, conquistado no Estádio Tofig Bahramov, a equipe do Azerbaijão chegou às oitavas de final da Liga Europa pelo confronto ter terminado 6 a 5 no placar agregado. Depois de uma emocionante classificação, a equipe chegará cheia de moral, e espera o seu próximo adversário em sorteio, que ainda será realizado na sede da Uefa.

Pressão dos anfitriões

A desvantagem por perder em casa por 4 a 2 no jogo de ida fez o Braga querer um gol para pressionar o Qarabag já nos primeiros minutos. O excesso de exposição tentava ser aproveitado pelo time anfitrião em contra-ataques. A equipe da casa construía chances com jogadas a partir da ponta e cruzamentos rasteiros e foi mais perigosa ao longo do primeiro tempo. Aos 27 minutos, quase que o brasileiro Juninho aumentou a vantagem do time do Azerbaijão, mas o zagueiro Paulo Oliveira travou em cima da hora.

Aos 32 minutos, foi a vez de Leandro Andrade ficar próximo de abrir o placar. Com espaço, o meia girou e bateu de chapa de fora da área. Mesmo em dois tempos, Matheus conseguiu defender. Mostrando que o controle do jogo estava com o time anfitrião, o Qarabag ficou próximo de marcar 5 minutos depois, com tabela entre Leandro Andrade e Vesovic, que resultou em uma nova finalização defendida por Matheus.

Expulsão muda história do confronto

O Braga voltou com tudo para o segundo tempo. Menos desesperado do que na primeira etapa, a equipe teve calma para trabalhar mais a bola e mesmo sem um gol, saiu com uma leve vantagem aos 12 minutos, quando o lateral Cafarquliyev foi expulso após levar o segundo cartão amarelo na partida. Finalmente o gol do time visitante veio aos 25 minutos. Após cruzamento do lado esquerdo, Roger dominou com um toque, e dentro da área, bateu de chapa no canto do goleiro.

Quatro minutos depois, o Braga chegou a fazer o segundo tento na partida, mas o gol do espanhol Abel Ruíz foi corretamente anulado por ele estar em posição de impedimento na hora do penúltimo toque na bola. Mas aos 37 minutos, não teve jeito, e o Braga empatou o confronto no placar agregado com um golaço. Álvaro Djaló limpou o defensor e com um lindo chute, acertou a bola no ângulo do goleiro Lunev. Com o resultado, a partida foi para a prorrogação.

Tempo extra de tirar o fôlego

Se a tendência era que o Braga crescesse ainda mais com a moral restabelecida e um jogador a mais, foi o Qarabag que abriu o placar aos 13 minutos do primeiro tempo extra. Após uma cobrança de falta para a área, o brasileiro Matheus Silva bateu de primeira no rebote e fez o gol que explodiu de alegria a torcida que compareceu ao Estádio Tofig Bahramov.

Mas quem achou que a emoção na partida tinha acabado se enganou. Após uma confusão dentro da área, Banza conseguiu dominar a bola e ia ficar frente a frente com o goleiro. Para evitar isso, Mustafazade agarrou o atacante, fazendo o árbitro marcar um claríssimo pênalti. Na cobrança, o próprio Banza empatou novamente no placar agregado ao deslocar o goleiro e fazer um gol com muita categoria, aos 10 minutos do segundo tempo da prorrogação. O Braga voltou a pressionar, mas foi o Qarabag que tomou a dianteira já nos acréscimos da prorrogação. Após uma falta cobrada rapidamente no meio de campo, Akhundzade conseguiu dominar, limpar o defensor e bater na saída de Matheus, para fazer o gol que levou o time do Azerbaijão às oitavas de final da Liga Europa.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo