O Napoli lidera um dos grupos mais equilibrados desta Liga Europa. E a equipe de Gennaro Gattuso deu um passo importante à classificação aos mata-matas nesta quinta-feira, ainda que não tenha garantido a vaga antecipada. Os celestes seguraram o empate por 1 a 1 contra o AZ em Alkmaar, após a derrota aos alvirrubros no San Paolo. David Ospina foi uma das figuras da noite, ao defender um pênalti que impediu a virada dos adversários. Desta maneira, os napolitanos precisarão apenas de um empate em casa contra a Real Sociedad na rodada final para avançar.

O Napoli facilitou sua vida aos seis minutos, quando conseguiu abrir o placar. Giovanni Di Lorenzo recebeu pela direita e cruzou para Dries Mertens abrir a contagem. Os napolitanos fizeram uma boa primeira etapa, controlando mais a partida e sem sofrer grandes apuros. Ospina até realizou uma boa defesa, mas as tentativas do AZ em recobrar o prejuízo não dariam grandes resultados.

Durante o segundo tempo, o jogo virou e o AZ conseguiu colocar o Napoli contra as cordas desde os primeiros minutos. O empate saiu aos oito. Após cobrança de escanteio, Teun Koopmeiners desviou no meio da área e Bruno Martins Indi concluiu diante da meta. E a chance de virada ao AZ surgiria logo depois, num pênalti que Koopmeiners cobrou, para grande defesa de Ospina. Na reta final, os celestes voltariam ao jogo e poderiam ter saído com a vitória. Andrea Petagna e Hirving Lozano não aproveitaram as boas chances.

O Napoli chega aos dez pontos, na liderança do Grupo F. O AZ tem oito e aparece atrás da Real Sociedad no confronto direto, mas só depende de si para avançar, já que uma vitória contra o Rijeka na última rodada vale independentemente do resultado paralelo na Itália. O jogão ficará por conta de Napoli e Real Sociedad, com a vantagem do empate beneficiando os celestes. Se não vencerem , os espanhóis só avançam com um resultado melhor ou igual que o do AZ.

Nesta quinta, a Real Sociedad vacilou contra o já eliminado Rijeka, dentro de Anoeta. Os croatas estiveram por duas vezes em vantagem, mas no fim os bascos arrancaram o empate por 2 a 2 – num jogo em que a bola demorou para entrar, mesmo com 27 finalizações do time da casa. Darko Velkovski abriu a contagem ao Rijeka, para Jon Bautista empatar. Stjepan Loncar fez o segundo aos visitantes logo depois, até que Nacho Monreal salvasse a Real aos 34 do segundo tempo. O detalhe é que Imanol Alguacil entrou com o time completo, incluindo David Silva.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore