Liga Europa

O fim de jogo entre Standard de Liège e Sevilla é tão bisonho que parece surreal

O Sevilla faz uma excelente campanha em La Liga, mas não experimenta a mesma supremacia na Liga Europa. Os andaluzes irão à última rodada ainda precisando definir sua situação no Grupo J. E muito por conta da derrota desta quinta-feira, quando a equipe visitou a Bélgica e perdeu para o Standard Liège por 1 a 0. As duas equipes estão igualadas com nove pontos, três a menos que o Krasnodar, enquanto a vantagem no confronto direto é dos rojiblancos. Mas o mais estarrecedor foi o fim do jogo em Liège. Um lance simplesmente surreal impediu o segundo gol dos anfitriões.

O tento quase nasceu em uma trapalhada imensa do Sevilla. Após uma saída sem sentido do goleiro Tomás Vaclík e um recuo ainda pior de cabeça, o gol contra só não aconteceu porque o arqueiro se esforçou para salvar em cima da linha. Pois no rebote, o Standard seria igualmente incompetente, especialmente Moussa Djenepo. Autor do primeiro gol da noite, o malinês simplesmente tomou a bola do companheiro para carimbar o travessão. Tão bizarro que só vendo para entender:

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo