Liga Europa

Manchester United quase escapa com a vitória, mas Milan arranca empate nos acréscimos

Em um jogo que não atuou tão bem, o Manchester United parecia que terminaria com uma vitória muito importante no duelo peso pesado com o Milan na Liga Europa. Parecia. Apesar de vencer até os minutos finais, os ingleses ficaram recuados demais na segunda etapa e viram os italianos conseguirem o empate quase no último lance do jogo. O empate por 1 a 1 reflete mais o que foi o jogo e talvez

Logo aos quatro minutos, Rafael Leão recebeu em profundidade, depois de um lançamento longo, e finalizou para colocar a bola na rede. Só que o português estava claramente impedido e o gol foi anulado. Aos 11, cobrança de lateral para o meio, Franck Kessié dominou e teve liberdade para chutar no canto. Só que mais uma vez, o tento foi anulado.

Ao longo do primeiro tempo, os dois times tiveram chances, mas a maior delas, sem dúvida, esteve nos pés do zagueiro Harry Maguire. O capitão do United viu a bola sobrar na sua frente, quase embaixo do gol, e finalizou como zagueiro mesmo: pegou mal e mandou por cima. A chance foi claríssima, a mais clara de todo o jogo. No fim, empate por 0 a 0 na primeira etapa, mas foi o Milan quem chegou mais vezes ao ataque.

Para o segundo tempo, o técnico Ole Gunnar Solskjaer mudou o time: Amad Diallo no lugar de Anthony Martial. Uma chance para ver o marfinense de 18 anos em campo. Nem precisou de muito tempo para ter impacto no jogo: Bruno Fernandes teve um pouco de liberdade e, com um lindo passe por cima, achou Diallo. De costas, ele tocou de cabeça, por cima do goleiro Gianluigi Donnarumma: 1 a 0 para o United.

Com a vantagem, o Milan deu alguns passos para trás e defendeu o resultado. Viu o Milan crescer no jogo e pressionar. Contando apenas o segundo tempo, os italianos chutaram 12 vezes no gol dos ingleses, com três deles no algo. Foi justamente o terceiro deles que causou o estrago.

Quando o United parecias que venceria, o Milan conseguiu um escanteio. Eram 46 minutos. Na cobrança, Rade Krunic cobrou e o zagueiro Simon Kjaer se movimentou bem, tocou de cabeça e colocou a bola na rede: 1 a 1 no Old Trafford. Um empate que fazia justiça ao bom jogo que o Milan fez fora de casa e dava um resultado melhor para a equipe tentar a classificação em Milão, na próxima semana.

Ao United, resta lamentar. O resultado poderia ser melhor do que foi, mas o que mais pegou foi mesmo a atuação abaixo do esperado. Daniel James não aproveitou a chance e acabou fazendo partida apagada. Anthony Martial, que saiu no intervalo, também não fez muito bem campo. Destaque mesmo só para Bruno Fernandes, o jogador mais perigoso do time.

No Milan, Zlatan Ibrahimovic fez falta contra o ex-clube. O sueco, machucado, não foi para o jogo. Brahín Díaz também não aproveitou a chance que teve. Os pontos Alexis Saelemaekers e Rade Krunic foram os que melhor aproveitaram o jogo no time titular.

Os dois times voltam a campo em San Siro, na próxima quinta-feira, 18. Quem vencer está classificado. Empate por 0 a 0 classifica o Milan; por 1 a 1 leva o jogo à prorrogação; e por mais de dois gols dá a vaga ao United.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo