Liga Europa

Com gol salvo em cima da linha e outro anulado, Lens e Freiburg empatam pela Liga Europa

Apesar do 0 a 0 na França, jogo entre Lens e Freiburg foi bastante movimentado; vaga para as oitavas de final da Liga Europa será decidida na próxima semana

O empate sem gols entre Lens e Freiburg, no jogo de ida da segunda fase da Liga Europa, definitivamente não significou um confronto monótono. Muito pelo contrário. Teve bola no travessão, gol tirado em cima da linha e até interferência do VAR que impediram o resultado de ser diferente no estádio Félix-Bollaert, na França, nesta quinta-feira (15).

Com o resultado, ambas as equipes decidirão a vaga das oitavas de final já na próxima quinta-feira (22), quando o Lens visitará o Freiburg, na Alemanha, no estádio Europa-Park. A tendência é que a partida seja tão movimentada quanto a da ida, mas com a esperança de gols, que infelizmente não saíram, apesar das boas chances criadas em números bastante semelhantes.

Primeira etapa movimentada

A partida começou bastante movimentada, com ambas as equipes querendo mostrar suas capacidades ofensivas. Por mais que o Lens, pressionasse um pouco mais, foi o Freiburg que teve uma chance perigosíssima de abrir o marcador nos primeiros minutos. Sallai recebeu a bola e entrou na área e fuzilou o goleiro. Mas seu forte chute bateu na trave, para alívio da torcida anfitriã, aos 18 minutos.

Após o susto, o Lens botou o pé no acelerador para mostrar que também possuia arsenal ofensivo. Haïdara surgiu da defesa para finalizar uma boa jogada pelo lado esquerdo, mas o goleiro Atubolu saiu bem e fechou o ângulo do zagueiro do Lens. Dos 20 aos 30 minutos, David Costa e Sotoca também tiveram boas chances em chutes no contrapé para os Sang et Or, mas ambas as finalizações foram para fora.

Depois disso, foi o time alemão que teve novamente mais posse de bola e oportunidades. Mas a bem postada zaga, formada por Gradit, Haïdara e Danso, impediu que os chutes chegassem à meta de Samba.

Não faltaram oportunidades claras

Mesmo jogando fora de casa, o Freiburg voltou do intervalo muito mais propositivo, e aos 13 minutos, teve outra chance fantástica de abrir o placar. Makengo acertou um cabeceio, cortado em cima pela zaga, e a bola sobrou livre para Eggelstein dentro da área. Porém, o chute do camisa 8 foi cortado em cima da linha por Danso. O zagueiro austríaco fez praticamente um gol para o seu time ao evitar o desfavorecimento no placar que viria.

O lance serviu para acordar o Lens, que após algumas mudanças, passou a ter mais oportunidades. E aos 24 minutos, os franceses chegaram a abrir o marcador com Haïdara. Mas o VAR anulou o tento após notar que o zagueiro usou o braço aberto para fazer o gol no rebote dado em defesa do goleiro, após o próprio jogador do Lens desviar um cruzamento.

O gol anulado mexeu com o brio anfitrião. A equipe buscou oportunidades, principalmente com as entradas de Fulgini e Said, mas ainda assim não conseguia vencer a defesa alemã. Bem postado, o Freiburg segurou a pressão e tentou investir em contra-ataques. Mas se a retaguarda dos visitantes foram competentes, a dos franceses também mantiveram o padrão de qualidade mostrad ao longo dos 90 minutos, com Danso terminando como o destaque mais uma vez do Sang et Or.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo