Liga Europa

Icardi resolve nos acréscimos, e Galatasaray sai em vantagem contra Sparta Praga pela Liga Europa

Em jogo com duas expulsões, Galatasaray vence Sparta Praga com gols de Demirbay, Mertens e Icardi, e se aproxima das oitavas da Liga Europa

O Galatasaray sofreu mais do que o esperado, mas no fim fez valer o fator casa no primeiro jogo da segunda fase da Liga Europa, nesta quinta-feira (15). Jogando no Rams Park, em Istambul, o time turco superou uma expulsão e usou do seu controle de bola do seu qualificado elenco do meio para frente para vencer o Sparta Praga por 3 a 2, e sair com a vantagem para se classificar às oitavas de final.

Os gols marcados por Kerim Demirbay, Dries Mertens e Mauro Icardi, este último já nos acréscimos, asseguraram ao clube turco uma vantagem importante para a próxima partida, que acontecerá na próxima quinta-feira (22), em Praga, na República Tcheca, para ver qual dos dois times avançará para as oitavas de final da segunda maior competição da Europa. Os tentos do Sparta foram anotados por Ángelo Preciado e por Jan Kuchta.

Controle e vantagem esperadas

Por mais que estivesse fora e em um ambiente bastante hostil, foi o Sparta que teve a melhor chance no início da primeira parte. Mas o cabeceio de Laçi, que estava livre, foi para fora. Os visitantes chegaram perto do novamente aos 6 minutos. Após erro na saída de bola, Birmancevic, ficou na cara do gol, mas seu chute à queima roupa foi defendido por Muslera.

A pressão inicial fez o Galatasaray acordar na partida. A equipe passou a ter o controle da bola e tentava avançar pelas pontas. E foi assim que o time anfitrião abriu o placar. O volante Demirbay recebeu um passe pelo lado esquerdo e teve espaço para avançar. Ele soltou uma bomba, que foi aceita pelo goleiro Vindahl, aos 20 minutos.

O 1 a 0 deixou o Galatasaray mais a vontade para jogar. A equipe seguiu mantendo a posse de bola e tentando criar as melhores oportunidades na partida. Entretanto, tinha dificuldades na hora de acertar o último passe em oportunidades perdidas por Icardi e Akturkoglu. Próximo do fim da primeira etapa, o Sparta voltou a assustar. Birmancevic acertou um chute forte de fora da área, e a bola passou muito perto da trave do time turco. Apesar do jogo bastante aberto, a partida foi para o intervalo com apenas um gol.

Surpresa, expulsões, mas final feliz

Mal começou o segundo tempo, e o Sparta mostrou que precisava recuperar os primeiros minutos de pressão do primeiro tempo, e assim o fez com maestria no início da etapa final. Após cobrança de escanteio, Angelo Preciado apareceu livre, e de fora da área, acertou uma bomba rasteira no contrapé de Muslera, para empatar a partida com apenas 3 minutos.

Rapidamente o Galatasaray buscou retomar o controle do jogo. Apenas dois minutos depois do empate tcheco, os turcos quase retomaram a vantagem, mas o cabeceio de Icardi subiu e só passou perto da meta adversária. Três minutos depois, o argentino teve nova chance de fazer o seu gol, mas seu chute bateu na trave.

Mas finalmente o gol anfitrião veio aos 15 minutos. Após erro na saída de bola, Mertens recebeu passe e acertou um chutaço forte para pôr o Galatasaray na frente. A bola ainda desviou na defesa antes de bater no fundo da rede. Entretanto, dois minutos depois, o zagueiro Nilsson foi expulso após fazer falta no lance seguinte ao gol, e novamente o time turco enfrentou dificuldades com os visitantes.

A ausência do zagueiro dinamarquês foi sentida quase que instantaneamente. Logo aos 20 minutos, 3 depois dele ter sido expulso, Preciado cruzou a bola na cabeça de Kuchta, que novamente deixou o marcador em igualdade.

Mas o Galatasaray passou a pressionar para fazer valer o seu mando, e aos 35 minutos, finalmente o time turco teve ao menos a chance de jogar em número de atletas igual ao dos tchecos. Após pôr a mão no rosto de Yilmaz, Rynes tomou o seu segundo cartão amarelo, o que levantou ainda mais o público presente no estádio do Galatasaray.

Os turcos aumentaram ainda mais a pressão, que se pagou positivamente no início da prorrogação. Icardi recebeu passe na entrada da área, e após limpar um defensor, bateu cruzado no contrapé de Vindahl, para levantar a torcida e dar números finais a um confronto emocionante, barulhento e repleto de gols.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo