Liga Europa

Capitão do Copenhague e fã do United, Zeca agradece Solskjaer: “Obrigado por tudo o que você fez em Manchester”

Manchester United e Copenhague fizeram um jogo muito mais parelho do que o esperado na segunda-feira (10), pelas quartas de final da Liga Europa. Os Red Devils acabaram saindo vitoriosos, com o 1 a 0 conquistado já na prorrogação. Atletas como Falk e o goleiro Johnsson, do clube dinamarquês, tiveram destaque por suas atuações, mas a noite foi ainda mais especial para outro jogador da equipe da capital da Dinamarca: Zeca. Fã declarado do United, o português naturalizado grego, capitão do time, protagonizou uma cena inusitada ao fim da partida.

[foo_related_posts]

Em meio a cumprimentos no gramado, Zeca foi até o técnico do Manchester United, Ole Gunnar Solskjaer, e o parabenizou pelo trabalho à frente do clube, agradecendo o norueguês por levar a equipe a uma nova direção.

“Obrigado por tudo o que você fez em Manchester”, disse Zeca, que na prévia da partida, em entrevista coletiva, havia ressaltado a importância pessoal do confronto para ele: “Desde pequeno, era o time que eu mais gostava. Gostava do jeito que eles jogavam, amo o estádio, a atmosfera, e sempre foi um sonho para mim ir lá e ver pelo menos um jogo e torcer por eles”.

Em resposta, Solskjaer foi modesto: “Estamos tentando”. Apontando para Bruno Fernandes, que caminhava ao lado dos dois, o técnico complementou: “Ele está ajudando”.

Zeca então diz que é torcedor do Sporting, ex-clube de Fernandes em Portugal, e brinca que, mesmo assim, estava bravo que o meia não tinha sido substituído, ao que Solskjaer responde, dando uma cutucada de leve na atuação de seu jogador: “Ele estava entregando a bola para você o tempo todo”.

Com a vitória e a classificação à semifinal, o Manchester United agora aguarda o vencedor da partida entre Wolverhampton e Sevilla, nesta terça-feira (11), para saber quem será seu adversário no jogo que definirá um dos finalistas da Liga Europa 2019/20. Na outra chave, a Inter avançou para a semifinal e espera seu oponente, Shakhtar Donetsk ou Basel.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo