Liga Europa

A dias de enfrentar o Tottenham, técnico do Dínamo tem sentença de prisão confirmada e pede demissão

Após perder por 2 a 0 o jogo de ida, o Dínamo Zagreb terá um duro desafio na próxima quinta-feira para avançar às quartas de final da Liga Europa, e esse desafio acabou de ficar um pouco mais difícil porque o seu treinador pediu demissão após ter uma pena de quatro anos de prisão confirmada pela Suprema Corte da Croácia.

Segundo um comunicado da emissora de televisão HRT, a mais alta instância da Justiça croata confirmou o veredito do tribunal municipal de Osijek que havia sentenciado Zoran Mamic a seis anos e meio de prisão por uma fraude que desviou € 15 milhões dos cofres do Dínamo Zagreb.

Zoran é irmão de Zdravko Mamic, um dos dirigentes mais poderosos da Croácia. Ele era executivo-chefe do Dínamo Zagreb e vice-presidente da federação local. Está atualmente foragido na Bósnia e também teve a sua sentença, de seis anos de prisão, confirmada pela Suprema Corte.

Em 2015, quando Zoran Mamic estava em sua primeira passagem como técnico do Dínamo Zagreb, ele e o irmão foram detidos por irregularidades em transferências e sonegações de impostos. Uma dessas transferências (por felicidade cósmica) foi justamente a ida de Luka Modric do Zagreb para o Tottenham em 2008.

Modric, aliás, chegou a ser denunciado por perjúrio, por ter voltado atrás em um dos seus depoimentos como uma das principais testemunhas do julgamento, mas os tribunais da Croácia rejeitaram a acusação contra ele em outubro de 2018, poucos meses depois de os dirigentes serem condenados.

Além dos dois Mamics, a Suprema Corte da Croácia também confirmou as sentenças do ex-coletor de impostos Milan Pernar e do ex-diretor do Dínamo, Damir Vrbanovic. Assim que a decisão saiu, o Dínamo Zagreb informou, por meio de um comunicado oficial em seu site, a renúncia de Zoran Mamic. O auxiliar Damir Krznar assumirá a equipe.

“Embora eu não me sinta culpado, como já anunciei, se o veredito for definitivo, eu o aceito e renuncio ao cargo de treinador principal do Dínamo. Desejo ao clube muita sorte e sucesso esportivo em seus trabalhos futuros”, afirmou.

Após passar por clubes de Arábia Saudita e Emirados Árabes, Zoran Mamic retornou ao Dínamo Zagreb, como diretor esportivo, em 2019, e assumiu a equipe principal em julho do ano ano seguinte, com a demissão de Igor Jovicevic. Ele deixa o Dínamo Zagreb na liderança do Campeonato Croata, com dois pontos de vantagem e um jogo a menos em relação ao segundo colocado Osijek.

Maior campeão da Croácia, com 21 títulos, o Dínamo Zagreb foi campeão da liga nacional em 14 das últimas 15 edições.


.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo