Europa

Israel esboçou a zebra, mas a Inglaterra virou na prorrogação e conquistou o Europeu Sub-19

Israel terminou o primeiro tempo em vantagem, mas a Inglaterra confirmou o favoritismo e se igualou como maior campeã da categoria na Europa

Israel bem que tentou surpreender e terminou o primeiro tempo em vantagem. Porém, a Inglaterra se recuperou e conquistou o Campeonato Europeu Sub-19. A final em Trnava se arrastaria até a prorrogação, quando os Three Lions conseguiram deslanchar e confirmaram a vitória por 3 a 1, que valeu a taça. Este é o 11° título dos ingleses na competição da Uefa, igualando a Espanha como maiores vencedores desta categoria – ainda que nove das taças tenham ocorrido quando o limite de idade era de 18 anos.

Inglaterra e Israel já tinham se enfrentado na fase de grupos deste Europeu Sub-19. Os ingleses venceram por 1 a 0, mas não atrapalharam a classificação dos israelenses. Com a passagem, ambos garantiram vaga no Mundial Sub-20 de 2023. Mas o objetivo não parava por aí e ambos tiveram sucesso nas semifinais. A Inglaterra bateu a Itália por 2 a 1, de virada. Já Israel surpreendeu a França, com a vitória por 2 a 1, e registrou sua melhor campanha num torneio de base da Uefa. A decisão seria inédita aos alviazuis.

Já na final, Israel abriu o placar aos 40 minutos e indicou uma zebraça. Foi um lindo gol anotado por Oscar Gluh, grande talento dessa geração israelense. O camisa 10 tirou dois marcadores para dançar e bateu no ângulo, sem chances de defesa. A reação inglesa não demorou, com o empate aos sete do segundo tempo. Callum Doyle recolocou o time no jogo, aproveitando uma cobrança de escanteio. A partida seguiu aberta, com direito a bola na trave dos Three Lions e também chances de gol dos israelenses.

Foi somente na prorrogação que a Inglaterra prevaleceu, mas não sem antes salvar uma bola de Israel em cima da linha. Aos três minutos do segundo tempo extra, Carney Chukwuemeka foi oportunista para completar o cruzamento. Oito minutos depois, com os israelenses desesperados pelo empate, os ingleses fecharam a conta num contra-ataque. Liam Delap parou no goleiro, mas Aaron James Ramsey fez no rebote.

A Inglaterra possui Liam Delap como nome mais conhecido da equipe, pelas aparições com o Manchester City. Daniel Jebbison (Sheffield United), Carney Chukwuemeka (Aston Villa), Tim Iroegbunam (Aston Villa) e Dane Scarlett (Tottenham) foram outros que já pintaram na Premier League. O time também conta com promessas que atuaram nas copas nacionais, como Harvey Vale (Chelsea) e Alfie Devine (Tottenham). Por fim, vale mencionar Jamie Bunoe-Gittens (Borussia Dortmund) e Samuel Iling-Junior (Juventus), os únicos que atuam no exterior.

Inglaterra, Israel, França, Itália e Eslováquia disputarão o Mundial Sub-20 de 2023, que será organizado na Indonésia. Os ingleses chegam a 12 participações na competição da Fifa. Além disso, os sucessos dos Three Lions na base se repetem. Se o time sub-19 chegou a ficar 24 anos sem levar a taça até a conquista de 2017, agora a espera foi bem mais curta. O objetivo, de qualquer forma, é ver alguns desses talentos triunfando em breve no nível profissional.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo