Europa

Ele fez um gol contra incrível e foi zoado pelo seu próprio clube

Martin Murray não está tendo uma boa semana. Seu time, o Cliftonville, avançou às quartas de final da Copa da Liga da Irlanda do Norte ao vencer o Dundela, da terceira divisão do país (imagina o nível), por 2 a 1, apesar de ele ter marcado um gol contra incrível ao tentar recuar uma bola quase do meio-campo para o seu goleiro.

LEIA MAIS: Cristiano Ronaldo e Messi estão ajudando a livrar as ruas de Londres das bitucas de cigarro

O próprio clube de Murray, o Cliftonville, tirou um sarro com ele no Twitter. “Martin Murray acabou de marcar um gol contra a quase 30 jardas (27 metros). Só dá para acreditar vendo o lance”. Bom, vejamos o lance.

Como desgraça pouca é bobagem, o Cliftonville voltou a brincar com Murray, nesta quinta-feira: “Pedimos desculpas a Martin Murray por acusá-lo de marcar um gol contra de 30 jardas. O replay da TV indica que foi de 40 jardas (37 jardas)”.

Nada fácil ser Martin Murray essa semana.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.
Botão Voltar ao topo