Europa

CSKA Sófia recebe multa recorde por racismo

Custou bastante caro ao CSKA Sófia a forma de manifestação de sua torcida. Nesta quarta, a federação búlgara determinou que o clube deve pagar 37.500 levs (US$ 26.060) pela violência de sua torcida e mandar uma partida com portões fechados pela apresentação de faixas racistas. Além disso, a entidade multou o clube em mais 3 mil levs (US$ 2.085) e mais um jogo de arquibancadas vazias pela torcida ter atirado objetos no gramado que acertaram um policial.

Todas as punições são relativas ao jogo contra o Litex Lovech, confronto direto entre duas das equipes mais fortes da Bulgária no momento. A partida terminou em 1 a 1 e teve três expulsões e dez cartões amarelos. Com isso, o CSKA não terá apoio da torcida nos duelos contra Belasitsa Petrich e Beroe Stara Zagora.

Nunca um clube búlgaro recebeu punições tão pesadas pelo comportamento de sua torcida em um jogo. O CSKA pode apelar, mas a direção do clube ainda não confirmou se o fará. No mesmo jogo o Lítex foi multado em 5 mil levs (US$ 3.475) por uma tentativa de agressão de seu presidente, Angel Bonchev, ao árbitro da partida contra o CSKA. O jogador Ivelin Popov foi multado em mil levs por gestos obscenos à torcida adversária.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo