Europa

Clubes italianos lamentam morte de Liedholm

A morte do ex-jogador sueco Nils Liedholm, nesta quinta-feira, repercutiu entre os clubes italianos. Liedholm, que tinha 85 anos se sagrou quatro vezes campeão italiano como jogador, pelo Milan, nos anos 50, e duas como técnico, sendo uma pelo Milan (em 1979) e uma pela Roma (em 1983).

O Milan, através de seu site oficial, lembrou o lendário trio formado por Liedholm com os compatriotas Gunnar Gren e Gunnar Nordahl. Também foi citado o scudetto de 1979, o décimo da história do clube, que valeu a primeira estrela dourada na camisa.

“O Milan chora o desaparecimento de Nils Liedholm, técnico rossonero da Estrela, protagonista insubtituível do lendário trio Gre-No-Li”, diz a nota. “Com ele, se vai um pedaço enorme da história do Milan, mas sua lembrança permanecerá indelével no coração de todos os milanistas e apaixonados por futebol”.

O site da Roma traz uma declaração do presidente Franco Sensi, lembrando o maior momento do sueco no clube: “Liedholm trouxe ao nosso clube uma cultura, um modo de interpretar o futebol, a vontade de se distinguir através do espetáculo. Foi o primeiro a pretender uma mudança de mentalidade no país do 'catenaccio' e da especulação tática”.

“A Roma dos anos 80, a sua Roma, criou as bases para um crescimento decisivo e ditou a postura que até hoje leva nossa equipe a buscar os resultados segundo uma lógica que se casa a um futebol positivo e espetacular. A Roma, com ele, conquistou o título italiano, com um futebol de alto nível técnico. Aquela Roma entrou na elite do futebol europeu. Liedholm está na história do futebol e na nossa história, para sempre”, concluiu Sensi.

O Verona, que sob a direção de Liedholm foi promovido à Série A em 1968, também recordou o sueco em seu site. O clube, hoje na Série C1, “se une com profundo sentimento à dor de seus entes queridos”.

A morte de Liedholm foi registrada por outros grandes clubes, como Internazionale e Juventus. Para a Inter, Liedholm foi um “adversário leal e homem do esporte”. A Juventus se referiu a ele como “craque no campo e no banco, adversário sempre correto e leal”.

Leia mais:

Nils Liedholm morre aos 85 anos

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo