Champions League

[Vídeo] A torcida do Besiktas fez tanto barulho que deixou Timo Werner claramente incomodado

Nos últimos anos, a Vodafone Arena se tornou um dos estádios mais temidos da Europa. Não bastasse a boa forma do Besiktas, a massa alvinegra nas arquibancadas coloca uma enorme pressão. A atmosfera costuma ser estremecedora, tanto pelo tradicional fanatismo dos turcos quanto pela própria acústica do local. E se muita gente questiona se torcida ganha jogo, nesta terça ficou comprovado que ao menos ela atrapalha craque adversário. Timo Werner mostrou-se claramente incomodado com o barulho durante a vitória dos anfitriões sobre o RB Leipzig, por 2 a 0.

Werner ficou apenas 32 minutos em campo, substituído. Em certos momentos, colocou as mãos nas orelhas e chegou a ser atendido pelo médico do clube, para colocar uma proteção auditiva. Pouco antes de sair, conversou várias vezes com o técnico Ralph Hasenhüttl. O incômodo do atacante, entretanto, pode ter sido potencializado por suas condições físicas. Segundo a explicação oficial do RB Leipzig, ele teve problemas de circulação, se sentindo mal e por isso indo para o banco.

Naquele momento, o Besiktas já vencia a partida. Ryan Babel abriu o placar aos 11 minutos. E o segundo gol aconteceu aos 43 do primeiro tempo, com Anderson Talisca, após cruzamento de Ricardo Quaresma. Os turcos lideram o equilibrado Grupo G da Champions, já com seis pontos. Enquanto isso, o RB Leipzig soma apenas um. E é bom o Monaco e o Porto se prepararem para o barulho na visita a Istambul.

Atualizado às 14h30 de 27 de setembro

Nesta quarta, o RB Leipzig ofereceu mais alguns esclarecimento sobre as condições de Timo Werner. O jogador sofre com problemas de vertigem, algo potencializado durante a partida contra o Besiktas. “Ele me pediu para sair. É impossível preparar seu time para uma atmosfera como esta. Havia um barulho ensurdecedor no início do jogo e nosso time estava um pouco afetado por isso. Encontrar um estádio como este é muito para alguns”, declarou o técnico Ralph Hasenhüttl. Embora já esteja bem, o atacante vai passar por alguns exames e é dúvida para o compromisso no final de semana, contra o Colônia.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo