Champions League

Um outro Handanovic foi o herói na classificação do Maribor à fase de grupos da Champions

O Maribor surge como grande azarão da próxima Liga dos Campeões. Ou, se você preferir, como candidato a saco de pancadas. Os eslovenos superaram o Hapoel Beer Sheva para conquistar a classificação à fase de grupos, repetindo o feito de três temporadas atrás. Após a derrota por 2 a 1 em Israel, os violetas garantiram o resultado em casa, graças ao gol fora de casa, com o triunfo por 1 a 0. E um dos protagonistas é um “quase famoso”, apesar do sobrenome: o goleiro Jasmin Handanovic, primo seis anos mais velho e uma das principais inspirações da Samir Handanovic.

Jasmin não é totalmente desconhecido. O veterano de 39 anos chegou a passar pelo futebol italiano e foi reserva na Copa do Mundo de 2010. Durante as últimas temporadas, se firmou como um dos maiores ídolos do Maribor. E brilhou para garantir o resultado contra o Hapoel Beer Sheva. Os eslovenos abriram o placar aos 15 minutos, graças a um chutaço de Mitja Viler. Já a melhor chance dos israelenses para empatar (e, assim, confirmar a classificação) aconteceu aos 45 do segundo tempo. Handanovic operou o milagre, salvando com a ponta dos dedos. Defesaça que valeu a festa nas arquibancadas.

Vale dizer que o goleiro não é o único parente ilustre no elenco do Maribor. Outro destaque é o atacante Luka Zahovic, de 21 anos. O jovem nasceu em Portugal, filho de Zlatko Zahovic, considerado por alguns como o melhor jogador esloveno de todos os tempos. Protagonista na classificação à Copa de 2002, o ex-meia foi ídolo em Porto e Benfica. Poderá ver o rebento mais uma vez na Champions, como já aconteceu em 2014/15.

Nos outros jogos da Rota dos Campeões

O Celtic também se confirmou na fase de grupos, mas sem a tranquilidade esperada. Depois de golear em Glasgow por 5 a 0, os Bhoys acabaram derrotados pelo Astana na visita ao Cazaquistão. Placar bailarino, com o triunfo dos anfitriões por 4 a 3. Os cazaques chegaram a abrir 4 a 1 aos 25 do segundo tempo, mas os escoceses evitaram os temores de uma zebra histórica ao descontarem duas vezes no final. Autor de dois gols, o ganês Patrick Twumasi foi o destaque da noite. Com o resultado, o Astana encerrou uma série invicta do Celtic que durava desde novembro.

Já o Olympiacos retorna à Champions após cair nas preliminares na última temporada. Os gregos interromperam o sonho do Rijeka com mais uma vitória, desta vez comemorando na Croácia. Depois do triunfo por 2 a 1 em Pireu, os alvirrubros repetiram a dose com o placar de 1 a 0, gol anotado por Marko Marin – este, aquele mesmo, sem qualquer parente ou sósia. O alemão é uma das referências da Thrylos, que se reforçou bastante nesta janela de transferências, mesmo sem fazer contratações astronômicas. Emmanuel Emenike, Guillaume Gillet, Panagiotis Tachtsidis e Mehdi Carcela-González são algumas das novidades.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo