Champions League

Uefa proíbe Bayern de Munique de vender ingressos para próximo jogo fora de casa na Champions

Torcedores do Bayern lançaram objetos no gramado e acenderam sinalizadores no confronto contra a Lazio, no dia 14 de fevereiro, pelas oitavas da Champions; Olympique de Marseille enfrenta punição semelhante na Liga Europa

“Alô? É do protocolo de torcida única?”. Nesta quinta-feira (29), a Uefa proibiu o Bayern de Munique de vender ingressos aos seus torcedores para a próxima partida fora de casa em competições europeias. Uma desvantagem que a equipe bávara terá de enfrentar por conta do comportamento de sua própria torcida. No confronto de ida das oitavas de final da Champions League, contra a Lazio, objetos foram lançados ao gramado e o acendimento de sinalizadores prejudicou o andamento do jogo no Estádio Olímpico de Roma.

— Devido ao acendimento de sinalizadores e ao lançamento de objetos, proibimos o FC Bayern de vender bilhetes aos seus torcedores em partida como visitante no próximo jogo de competições de clubes da Uefa — disse a entidade em resposta à medida disciplinar imposta pelo seu Órgão de Controle e Disciplina.

No dia 14 de fevereiro, o Bayern foi derrotado pela equipe italiana por 1 a 0, com direito à expulsão polêmica de Upamecano. Revoltados com o placar, torcedores radicais se dedicaram a atirar copos e outros objetos no campo, enquanto acendiam sinalizadores vermelhos durante o confronto. Assim como as demais entidades reguladoras do futebol, a UEFA proíbe o uso de sinalizadores em jogos de competições europeias.

Além da sanção na venda de ingressos, os bávaros também foram multados em mais de 50 mil euros (cerca de R$ 268 mil). Na próxima terça-feira (5), o Bayern de Munique receberá a Lazio pela partida de volta das oitavas de final da Champions, na Allianz Arena, precisando de uma vitória. Se conseguir avançar, não poderá contar com a torcida na próxima partida fora de casa, seja contra quem for.

A torcida alemã é conhecida por ser uma das mais calorosas e barulhentas da Europa, principalmente nas fases decisivas da Champions League. A depender dos possíveis cruzamentos nas quartas, a punição do Bayern é uma boa notícia para os adversários.

Olympique de Marseille passa por situação parecida na Liga Europa

Na mesma linha de punir torcidas arruaceiras, a Uefa aplicou a mesma sanção ao Olympique de Marseille após os incidentes da torcida, no dia 15 de fevereiro, em partida de ida contra o Shakhtar Donetsk. A equipe não poderá vender ingressos para a próxima partida fora de casa, além de ser multada em 50 mil euros.

No entanto, na semana passada, na partida de volta contra o clube ucraniano, o Olympique venceu no Velódrome por 3 a 1, e mais uma vez sua torcida protagonizou um show pirotécnico. Por conta disso, outra medida foi adotada pela entidade: o fechamento do setor Norte do estádio, destinado à torcida organizada, no próximo jogo pela Liga Europa. O time de Marselha vai receber o Villarreal no 7 de março, quinta-feira, pelas oitavas de final do torneio.

Ao todo, as multas aplicadas ao Olympique pelo comportamento hostil da torcida ultrapassam os 100 mil euros. A somatória diz respeito aos 41.500 euros por acender sinalizadores e outros 10 mil euros por lançá-los ao gramado. Esses valores foram somados aos 26 mil por obstrução de vias públicas da cidade, mais 20 mil pela utilização de ponteiros laser para atrapalhar os jogadores adversários e 10 mil euros por ser responsável pelo atraso no início da partida.

Botão Voltar ao topo