Champions League

Sporting lava a alma e encerra série de quedas nas preliminares da Champions com goleada

O Sporting carregava um trauma nas preliminares da Liga dos Campeões. Em quatro participações, haviam sido quatro eliminações – caindo para Internazionale, Udinese, Fiorentina e CSKA Moscou. Os alviverdes teriam uma nova chance de reescrever sua história contra o Steaua Bucareste. E o jogo de ida não dava bons indícios, depois do empate por 0 a 0 no Estádio José Alvalade. Pois a visita à Arena Nationala de Bucareste saiu muito melhor que a encomenda. Os sportinguistas arrebentaram os adversários e asseguraram a vaga na fase de grupos graças à goleada por 5 a 1. Alívio e tanto, que garante bons milhões na conta bancária.

Precisando fazer gols para tranquilizar sua situação, o Sporting abriu o placar aos 13 minutos, com Seydou Doumbia. Mas não seria tão fácil, depois que o Steaua arrancou o empate aos 20, com o brasileiro Júnior Maranhão. A goleada tomou forma apenas no segundo tempo. Marcos Acuña, Gelson Martins, Bas Dost e Rodrigo Battaglia anotaram os tentos dos leoninos. Será a oitava participação do clube de Lisboa na fase de grupos da Champions. Já o Steaua acaba repescado à Liga Europa.

Nos demais jogos dos playoffs da Champions, além das classificações de Liverpool e Qarabag, destaque também para a vitória do CSKA Moscou. Após vencer o Young Boys por 1 a 0 na Suíça, os russos ratificaram a passagem com novo triunfo, desta vez por 2 a 0. Georgi Shchennikov e Alan Dzagoev anotaram os gols, com assistências dos brasileiros Mário Fernandes e Vitinho. Por fim, o Apoel foi outro a comemorar nesta quarta. Os cipriotas, que haviam derrotado o Slavia Praga na ida, seguraram o empate por 0 a 0 na República Tcheca, já suficiente para as suas pretensões.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo