Champions League

Revivendo a virada do século

O ano era 2000. Real Madrid e Bayern Munique se enfrentavam pela semifinal da Liga dos Campeões e tinham dois dos melhores times do continente. Os merengues, numa fase pré-galática, haviam sido campeões em 1997/98 e contavam com nomes como Roberto Carlos, Fernando Redondo e Raúl. Nos bávaros, vice-campeões em 1998/99, as estrelas eram Élber, Oliver Kahn e Stefan Effenberg. Começava ali uma “rivalidade” que se acirrou durante as quatro temporadas seguintes.

Em 1999/00, as equipes se enfrentaram quatro vezes, e o Bayern venceu três. O Real venceu uma: fez 2 a 0 no jogo de ida das semifinais e ficou com a vaga para a decisão, onde passeou contra o Valencia. Na temporada seguinte, novo duelo pelas semifinais, e os bávaros venceram os dois jogos, por 1 a 0 e 2 a 1 para ganhar também do Valencia na decisão, desta vez nos pênaltis.

Em 2001/02, novo confronto, desta vez nas quartas de final, e o Real Madrid, já com Figo e Zidane no time, levou a melhor: perdeu por 2 a 1 na Alemanha, mas venceu por 2 a 0 no Santiago Bernabéu. Em 2004, pelas oitavas de final, nova vitória dos merengues, após empate por 1 a 1 fora de casa e triunfo por 1 a 0 em casa.

Em 2007, porém, os bávaros deram o troco e venceram nas oitavas de final, após serem derrotados por 3 a 2 na Espanha e devolverem com um 2 a 1, no único jogo entre as duas equipes na Allianz Arena, palco do confronto desta terça-feira.

No total, a vantagem é dos bávaros: em 18 jogos, são dez vitórias, contra seis triunfos dos merengues e dois empates. O retrospecto favorável, porém, não entra em campo nesta terça-feira. É necessário jogar futebol, e no limite, para eliminar os comandados de José Mourinho, superiores na temporada. E também contar um pouco com a sorte para que a defesa não entregue o ouro.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo