Champions League

Real Madrid contou com dois belos gols para garantir o primeiro lugar do grupo contra a Inter

Em jogo que a Inter pouco conseguiu ameaçar, Kroos e Asensio marcaram os gols da vitória que garantiu o primeiro lugar da chave

O Real Madrid venceu sem muitos problemas um jogo que valia o primeiro lugar do seu grupo. Os 2 a 0 sobre a Internazionale no estádio Santiago Bernabéu vieram sem grandes problemas, sem tomar muitos sustos e com dois golaços.

Ainda que a Inter tenha sido melhor em partes do jogo, nunca conseguiu ser perigosa para vencer o goleiro Thibaut Courtois. Foi um time que teve dificuldades em criar suas jogadas ofensivas e ainda viu o desempenho geral piorar com as mudanças feitas. Pior ainda: ficou com um jogador a menos no segundo tempo, o que acabou sendo determinante na partida.

Os mandantes abriram o placar em um gol bastante típico. A jogada começou com Rodrygoi na direita, ele tocou para o meio, veio o corta-luz e Toni Kroos recebeu fora da área e chutou de pé esquerdo, no canto, com a precisão habitual: 1 a 0.

Com a necessidade de vencer para ficar com o primeiro lugar, a Inter tentou avançar de alguma forma. Chutou inclusive mais vezes que o mandante no primeiro tempo: foram 13 contra sete. No entanto, em efetividade os dois times foram iguais: só um chute certo. E o do Real Madrid saiu o gol.  

O Real Madrid era melhor no jogo e pressionou. Se aproximou do segundo gol com Rodrygo, que recebeu de Kroos dentro da área, girou e chutou na trave. Por pouco os merengues não ampliaram a vantagem.

No segundo tempo, a Inter voltou mais acesa em campo, com mais pressão no campo de ataque. Simone Inzaghi voltou para o segundo tempo com Federico Dimarco no lugar de Denzel Dumfries, liberando Danilo D’Ambrosio como ala pela direita.

Com 15 minutos, a Inter mudou mais: colocou em campo Arturo Vidal, Matías Vecino e Alexis Sánchez nos lugares de Marcelo Brozovic, Hakan Çalhanoglu e Edin Dzeko. Os interistas tentaram pressionar e chegaram a ameaçar com um chute sem direção de Alexis Sánchez.

A coisa esquentou aos 18 minutos. Éder Militão deu uma entrada dura em Nicolò Barella, o jogando com o ombro para fora do campo. O italiano ficou nervoso e, ainda no chão, deu um soco na perna de Militão. O árbitro viu, deu amarelo para Militão pela entrada dura e cartão vermelho para o jogador da Inter. Os nerazzurri teriam que ficar com um jogador a menos a partir daquele momento. Para recompor o meio-campo, Roberto Gagliardini entrou no lugar de Lautaro Martínez.

Com um a menos, a Inter tentou, mas foi o Real Madrid quem marcou o segundo. Aos 33 minutos, Marco Asensio, que tinha entrado no lugar de Rodrygo, recebeu na direita, puxou para o meio e chutou colocado: a bola tocou na trave e entrou. Golaço merengue no Santiago Bernabéu: 2 a 0.

O Real Madrid termina a primeira fase com 15 pontos, contra os 10 da Inter. O Sheriff vai à Liga Europa com sete pontos, depois de empatar com o Shakhtar Donetsk por 1 a 1. A Inter ainda terá um desfalque pesado, já que Barella certamente fará falta nas oitavas de final, em casa.

Veja os melhores momentos:

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo