O lateral esquerdo Zaidu Sanusi, nigeriano de 23 anos contratado nesta temporada do Santa Clara, anotou seu primeiro gol com a camisa do Porto na vitória por 2 a 0 sobre o Olympique Marseille no Vélodrome que encaminhou a passagem dos Dragões às oitavas de final da Champions League.

O grupo, liderado pelo Manchester City com 12 pontos, está praticamente decidido. O Porto tem nove, seis a mais do que o Olympiacos, e vantagem de 2 a 0 no confronto direto. Isso significa que pode perder por até um gol de diferença na partida final contra os gregos ou até por dois se marcar no Piraeus, na sexta rodada.

Marchesín fez uma boa defesa para impedir o gol do Marseille, em cabeçada não muito forte de Valère Germain, e Sanusi respondeu com um forte chute de fora da área, espalmado ao lado por Mandanda. Pouco depois, a cobrança de escanteio ficou viva dentro da área. O lateral esquerdo carimbou o goleiro, ficou com o rebote e abriu o placar, aos 39 minutos do primeiro tempo.

Sanusi estava realmente confiante. No começo da etapa final, arriscou novamente de longe, mas acertou a rede pelo lado de fora. Thauvin apareceu na segunda trave para completar o cruzamento de Payet e, por pouco, não empatou o duelo.

Aos 22 minutos, tudo mudou. Marko Grujic levou o segundo cartão amarelo por uma falta forte em Benedetto no meio-campo. Mas nem deu tempo de o Marseille aproveitar. Dois minutos depois, Corona foi esperto para cobrar o lateral em direção à área. Marega ganhou a frente e foi derrubado por Leonardo Balerdi. Pênalti, e o zagueiro também levou o segundo cartão amarelo.

Sérgio Oliveira ampliou a vantagem do Porto para 2 a 0 e os dois times voltaram a ter o mesmo número de corpos em campo. O Olympique Marseille ainda tentou descontar duas vezes com Benedetto, mas ambas foram para fora.

.

.