Champions League

O Leipzig recuperou o mínimo de honra ao surrar o Club Brugge e continuar na luta pela Liga Europa

Um empate eliminaria o Leipzig, mas a equipe goleou por 5 a 0 na Bélgica e vai para a rodada final em vantagem pela terceira colocação

O RB Leipzig pode ser considerado como uma decepção nesta Champions League. Tudo bem, Manchester City e Paris Saint-Germain eram os favoritos no Grupo A. Ainda assim, esperava-se que os Touros Vermelhos fossem um pouco mais competitivos, até analisando o histórico recente, de quem chegou às semifinais em 2019/20 e despachou o Manchester United na fase de grupos passada. A transição durante a chegada de Jesse Marsch, contudo, atravancou o desempenho do time da Red Bull, mesmo com algumas atuações interessantes. Mas, ao menos, a vaga na Liga Europa pode vir como prêmio de consolação. Precisando da vitória a qualquer custo nesta quarta, durante a visita ao Estádio Jan Breydel, os alemães surraram o Club Brugge de maneira até surpreendente: 5 a 0, num primeiro tempo avassalador.

O Leipzig iniciou a partida empurrando o Club Brugge contra as cordas e, a partir do momento em que abriu o placar, não parou mais. O primeiro gol saiu aos 12, num chute de André Silva que Simon Mignolet até rebateu, mas Christopher Nkunku guardou no rebote. Os Touros Vermelhos não reduziram a marcha e conseguiram o segundo aos 17, num pênalti sofrido por Bryan Brobbey, que Emil Forsberg converteu. Quando Bas Dost finalmente conseguiu uma finalização do outro lado para o Club Brugge, o goleiro Josep Martínez fechou bem o ângulo.

A pressão sufocante do Leipzig não parou por aí, até o terceiro surgir aos 26. Angeliño cruzou com perfeição, mas ainda mais impressionante foi a cabeçada de André Silva, colocada no cantinho para não permitir que Mignolet sequer pulasse. Nesse momento, a frustração era evidente na Bélgica, com vaias da torcida da casa. O Club Brugge tentou responder na reta final do primeiro tempo, mas tomou o quarto nos acréscimos. Emil Forsberg avançou pela esquerda, aproveitou o espaço para o chute e mandou o tiro no canto da meta.

Durante o segundo tempo, o Club Brugge se fez mais presente no ataque e teve boas chances para descontar. O goleiro Josep Martínez, entretanto, brilhou em sua estreia na Champions. O espanhol de 23 anos, substituindo Péter Gulácsi (que testou positivo para COVID-19), realizou duas defesas sensacionais para evitar qualquer reação. E se Mignolet ainda segurou as pontas de uma situação pior, o quinto gol surgiu nos acréscimos. Depois de uma defesa do goleiro belga, a sobra ficou nos pés de Nkunku, que marcou seu sétimo gol nesta Champions.

O RB Leipzig chega aos quatro pontos no Grupo A da Champions, igualado com o Club Brugge. Porém, depois da derrota por 2 a 1 na Alemanha, a goleada por 5 a 0 na Bélgica evita a eliminação precoce e dá a vantagem para os Touros Vermelhos no confronto direto. A equipe só precisará fazer uma pontuação igual à dos belgas na última rodada: o Brugge visita o PSG e o Leipzig recebe o City. Os dois primeiros já estão classificados, inclusive com a liderança confirmada para os ingleses.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo