Champions League

Num dia repleto de 0x0 nas preliminares da Champions, o Bodo/Glimt é quem mais se aproximou da fase seguinte

Dentro da Noruega, o Bodo/Glimt cumpriu sua missão com tranquilidade e venceu o KÍ, atual campeão de Ilhas Faroe

A Champions League completou a rodada de ida de sua primeira fase classificatória. Nesta quarta-feira, o melhor resultado foi registrado pelo Bodo/Glimt. O atual bicampeão norueguês faz uma campanha morna em sua liga nacional, mas volta a apresentar as credenciais além das fronteiras. Numa partida mais acessível contra o KÍ, atual campeão de Ilhas Faroe, os aurinegros encaminharam a classificação dentro de casa. Vitória por 3 a 0 do Raio, que contou com grande atuação do centroavante Victor Okoh Boniface.

O Bodo/Glimt perde destaques e quem está de saída é o atacante Ola Solbakken, especulado na Roma. Enquanto o ponta não se despede, segue contribuindo aos aurinegros. Nesta quarta, entretanto, o protagonista foi Boniface – nigeriano de 21 anos que tenta se estabelecer no comando do ataque. Foram dele os três gols diante do KÍ. O centroavante marcou o primeiro numa confusão na área e o segundo num cruzamento de Solbakken, ambos no primeiro tempo. Já na segunda etapa, fechou a conta de pênalti.

A rodada seria repleta de empates sem gols. O mais surpreendente seria conseguido pelo Zrinjski Mostar, que segurou o 0 a 0 diante do Sheriff Tiraspol na Bósnia. Também com o placar zerado, o Tobol Kostanay frustrou o Ferencváros no Cazaquistão. O Maribor passou em branco no 0 a 0 diante do Shaktyor Soligorsk, de Belarus, na Eslovênia. Por fim, o Slovan Bratislava lamentou bastante o resultado sem gols na Eslováquia diante do Dinamo Batumi, com o campeão georgiano atuando com um a menos desde o primeiro tempo, após a expulsão de Mamuka Kobazhidze. Reforço desta janela de transferências, Juraj Kucka foi titular no Slovan.

Um pouco mais de alegria teve a torcida do HJK Helsinque. Na Finlândia, os alviazuis derrotaram o RFS Riga por 1 a 0. O gol saiu numa enorme lambança da defesa, aos 11 minutos, para Manuel Martic roubar a bola na área e definir. O time letão reclamou de falta no lance, sem ser atendido. Outro triunfo da tarde aconteceu em Luxemburgo, onde o Dudelange fez as honras da casa com o 1 a 0 sobre o KF Tirana, da Albânia. Mohcine Hassan anotou o gol aos 26 do segundo tempo, de cabeça. Antes do tento, cada um dos times tinha visto um jogador ser expulso.

O dia ainda contou com duas partidas pela Conference League. Na Finlândia, o Inter Turku derrotou o Drita por 1 a 0. Jussi Niska balançou as redes para os anfitriões aos 32 do segundo tempo, apenas três minutos depois de uma expulsão entre os kosovares. Já nas Ilhas Faroe, o Víkingur venceu o Europa por 1 a 0. Os nórdicos balançaram as redes contra os gibraltarinos aos seis do segundo tempo, graças a Oláf Bárdarson. Foi o gol mais bonito do dia nas competições europeias, em falta cobrada na gaveta.

As partidas de volta da primeira fase da Champions acontecem na próxima semana, entre terça e quarta-feira. Ao todo, 15 times avançarão à segunda fase, enquanto os eliminados serão redirecionados às preliminares da Conference League.

Confira os resultados desta primeira fase preliminar da Champions League 2022/23:

Terça-feira

Pyunik Yerevan-ARM 0 x 0 Cluj-ROM
Malmö-SUE 3 x 2 Vikingur Reykjavík-ISL
Ludogorets-BUL 2 x 0 Sutjeska Niksic-MNE
Ballkani-KOS 0 x 0 Zalgiris-LTU
Lech Poznán-POL 1 x 0 Qarabag-AZE
The New Saints-GAL 1 x 0 Linfield-IRL
Shamrock Rovers-IRL 3 x 0 Hibernians-MLT
Shkupi-MKD 3 x 0 Lincoln Red Imps-GIB

Quarta-feira

Bodo/Glimt-NOR 3×0 KÍ-FAR
Tobol-CAZ 0x0 Ferencváros-HUN
Zrinjski Mostar-BOS 0x0 Sheriff Tiraspol-MOL
Slovan Bratislava-ESQ 0x0 Dinamo Batumi-GEO
Maribor-ESL 0x0 Shaktyor Soligorsk-BIE
HJK Helsinque-FIN 1×0 RFS Riga-LET
Dudelange-LUX 1×0 KF Tirana-ALB

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo